185
roteiros
41
países
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha – mais precisamente um verdadeiro paraíso – localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!

Atrações imperdíveis na Ilha de Páscoa

10 de de 2016
1 comentários 1.795 visualizações

Ilha de Páscoa

Durante nossos 5 dias na Ilha de Páscoa, tivemos a oportunidade de conhecer várias atrações incríveis. Aqui está a nossa listinha do que achamos mais maravilhoso por lá.

Antes, dê uma olhada no mapa da ilha para entender a localização de cada atração que mencionarmos:

Mapa Ilha de Páscoa

linha pontilhada

Ahu Akahanga: A Plataforma do Rei

Akahanga

Akahanga é um ótimo “primeiro passeio” na Ilha de Páscoa. Lá encontramos um Ahu (plataforma) que não foi restaurado: os moai estão tombados e a estrutura do Ahu destruída. Akahanga foi deixada exatamente nas condições em que se encontrava quando os primeiros exploradores europeus chegaram na ilha. Como explicamos no post sobre a história da ilha (não deixe de ler!), acredita-se que no fim da era Ahu Moai, todos os Moai foram derrubados de suas plataformas durante a “guerra” encontre os clãs Rapa Nui.

A plataforma Akahanga tinha 18 metros de comprimento e 12 Moai de 5 a 7 metros de altura. Muitos a consideram a “Plataforma do Rei” por acreditarem que o Ariki (rei) Hotu Matu’a tenha sido enterrado aí. Diz a lenda que ele deixou seu lar na praia de Anakena após uma intensa briga com sua esposa Vaka A Heva, e viveu os últimos dias de sua vida em Akahanga.

Moai derrubados em Akahanga

A plataforma está localizada na costa sul da ilha e pode ser explorada através de uma caminhada super leve.

linha pontilhada

Vulcão Rano Kau

Apesar de não ser uma atração diretamente ligada aos Moai, a visita ao vulcão é indispensável – e foi, com certeza, um dos nossos passeios preferidos.

Ranu Kau

Rano Kau é um dos três centros vulcânicos que deram origem à Ilha de Páscoa. Ele está a apenas 324 metros sobre o nível do mar e está inativo há mais de 180 mil anos. Além da paisagem ser surpreendente, o local ainda é muito especial para a cultura Rapa Nui por ter servido de cenário natural para o ritual do “Homem Pássaro” ou Tangata Manu, uma competição realizada para escolherem o líder da ilha. Toda a história e a beleza dos paredões íngremes do vulcão fazem dele uma dos lugares mais impressionantes da Ilha de Páscoa.

Bike na Ilha de Páscoa

É possível visitá-lo de carro (parando no mirante Ranu Kau ou na vila Orongo como pontos de observação), fazer um trekking de 9km subindo até ele e fazendo a caminhada completa ao seu redor ou ainda de bike, subindo pela estrada para carros. Fizemos o trekking a pé e a subida de bicicleta.

linha pontilhada

Ahu Akivi: Os 7 moais olhando para o mar

Ahu Akivi foi a primeira plataforma cerimonial de Rapa Nui a ser completamente restaurada, entre 1960 e 1961. Ela tem 90 metros de comprimento e uma plataforma central de 38 metros, onde estão 7 moai de aproximadamente 4m de altura. Esse o único Ahu onde vemos Moai virados para o mar. Alguns acreditam que eles possuem essa posição para vigiar e proteger a ilha.

Ilha de Páscoa Moai

O melhor momento para visitar Akivi é no entardecer, por causa da posição do sol.

linha pontilhada

Cavernas, principalmente Ana Kakenga

A lava que saía dos vulcões da Ilha de Páscoa originou várias cavernas por lá, algumas pequenas, outras enormes. Os Rapa Nui as usavam como casas, abrigos em épocas de conflito e ainda como ambientes de celebração de rituais.

O passeio pelas cavernas é bem interesse. Não deixem de entrar na Ana Kakenda e ver o pôr-do-sol em uma de suas aberturas de frente para o mar.

linha pontilhada

Pôr-do-sol no Complexo Tahai e o único Moai com olhos

Esse complexo conta com três plataformas, da esquerda para a direita: Ahu Vai Uri, com 5 moai; Ahu Tahai, um único moai; e finalmente, Ahu Ko Te Riku, também um único moai, mas com a particularidade de possuir olhos (uma réplica baseada no olho verdadeiro encontrado na praia de Anakena) e um Pukao (o “coque” no topo da cabeça).

Moai com olhos

Ahu Vai Uri era uma plataforma com 6 moai, mas apenas 5 foram encontrados e estão expostos. Os moai não foram completamente restaurados, então podemos ver algumas estruturas quebradas, como mostra a foto abaixo.

Pôr do sol na Ilha de Páscua

O estacionamento está bem próximo das plataformas, então o acesso é super fácil.

Tahai é um dos melhores pontos da ilha para ver o pôr-do-sol. Aproveitem para fazer um piquenique por lá e curtir o entardecer. No verão, o sol se põe por volta das 21h, enquanto no inverno, às 18:30h.

linha pontilhada

Ovahe: uma pequena praia ótima para snorkel

Ovahe é uma pequena praia de água turquesa cercada por um paredão de rocha vulcânica. O visual é incrível. Ela é também uma ótima opção para quem quiser fazer snorkel na ilha – nós fizemos e achamos lindo, vimos bastante vida marinha pelos corais.

O ideal é ir a Ovahe de manhã, devido à posição do sol.

linha pontilhada

Ahu Tongariki: A famosa plataforma dos 15 Moai

Tongariki

Localizada em Hanga Nui, na costa sudeste da ilha, e a apenas 2km da pedreira de Rano Raraku, está Ahu Tongariki, a mais incrível plataforma cerimonial de toda a ilha.

Ahu Tongariki representa o esplendor máximo das esculturas em Rapa Nui. A plataforma tem 220 metros de largura – e é a maior estrutura dessa natureza em toda a Polinésia. A vista dos 15 Moai com o azul do mar ao fundo é realmente algo impressionante e imperdível.

Ilha de Páscoa

Algumas das estátuas erguidas nessa plataforma são bem diferentes entre si. Muitos acreditam que essas diferenças eram propositais: como representavam determinados ancestrais, os Rapa Nui buscavam representar suas características no Moai, dando mais veracidade à escultura.

15 Moai da Ilha de Páscoa

linha pontilhada

Rano Raraku: A Fábrica de Moai

O vulcão Rano Raraku é também conhecido como “Pedreira” – era em suas encostas que os Moai eram esculpidos pelos nativos da ilha. A Pedreira é composta de rocha vulcânica, um material mais “macio”, facilitando o trabalho dos Rapa Nui.

Rano Raraku

A Fábrica de Moai é simplesmente surpreendente, um passeio totalmente imperdível na Ilha de Páscoa. Encontramos por lá cerca de 390 Moai em diversos momentos do processo de “construção”.

Ilha de Páscoa

Fábrica Rapa Nui de Moais

Depois de visitar toda a “fábrica”, não deixe de subir até a cratera do vulcão, onde há um lago super bonito.

Rano Raraku está dentro de uma área do Parque Nacional da Ilha de Páscoa, para entrar, você precisa ter adquirido (ou adquirir na hora) a entrada ao Parque.

linha pontilhada

Anakena: A principal praia da Ilha de Páscoa

Anakena é a principal praia da Ilha de Páscoa – ela tem um coqueiral lindo, cheio de mesas de piquenique e alguns restaurantezinhos charmosos na entrada.

Por lá também vemos duas plataformas de Moai, Ahu Nau Nau, que contém 7 belíssimas esculturas restauradas em 1978 e Ahu Ature Huki, uma plataforma com um único moai.

Anakena

Agora no inverno, a temperatura da água girava em torno de 20 graus celsius; no verão, nos disseram que ela fica bem quentinha. Vale muito à pena dedicar algumas horinhas do seu dia na Ilha e aproveitar Anakena!

Anakena

Anakena é linda tanto pela manhã quanto à tarde. Os tours normalmente levam os turistas até lá no entardecer, então considere ir pela manhã ou por volta do horário do almoço caso queira encontrá-la mais vazia.

Anakena

linha pontilhada

Ahu Te Pito Kura: O maior Moai já erguido em uma plataforma

De frente pro mar em La Perouse Bay, encontramos Ahu Te Pito Kura, uma plataforma intacta com um enorme moai caído sobre ela. O nome do Moai é Paro, um dos poucos nomes que sabemos até hoje.

Paro tem quase 10 metros de altura (só suas orelhas têm 2 metros!) e pesa cerca de 70 toneladas. A seu lado está seu “coque”, que pesa quase 2 toneladas.

Ilha de Páscoa

A cerca de 40 metros da plataforma, encontramos uma grande pedra redonda e de superfície lisa que recebe o mesmo nome: Te Pito Kura (umbigo da luz). Ela está disposta com outras 4 pedras pequenas indicando os pontos cardeais.

linha pontilhada

Pea Beach: Que tal um surf em Rapa Nui?

Essa é a praia ideal para quem surfa ou pratica bodyboard. No verão, há inclusive aulas para crianças. Se você tiver sorte, quem sabe ainda não encontra alguma tartaruga por lá? Elas costumas nadar nas partes rasas de Pea Beach à procura de comida.

linha pontilhada

Museu antropológico da Ilha de Páscoa

No seu último dia em Ilha de Páscoa, aproveite para ir à vila, carimbar o seu passaporte nos Correios e visitar o museu antropológico. Lá você descobre um pouco mais sobre a história dos Rapa Nui, através de fotos, textos explicativos e objetos originais encontrados na ilha. Vale super à pena!

linha pontilhada

E aí? Você já foi à Ilha de Páscoa? Conheceu alguma dessas atrações? Conta pra gente sua experiência na ilha!

Ilha de Páscoa mar

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!