185
roteiros
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha – mais precisamente um verdadeiro paraíso – localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!

Terra do Canguru – Chegamos!!

17 de Outubro de 2015
0 comentários 966 visualizações
escrito por Raquel Furtado

Ilustração AustráliaE não é que finalmente chegamos na Austrália? :-)

Nossa chegada na Austrália foi por Sydney – onde ficamos umas 3 horinhas esperando nosso vôo final para Melbourne.
O aeroporto de Sydney é excelente e tem diversas opções saudáveis para lanches. Encontramos uma stand de sucos naturais deliciosos, outra de saladas (como um Delírio Tropical do RJ), e vários restaurantes – mas claro, com precinhos altos, hehe!

 

Canguru e eu na Austrálialinha pontilhada

Internet e Celular na austrália:

Assim que pousamos em Sydney fomos até o stand da Optus ver os planos de internet para celular. Compramos um chip pré-pago com um plano excelente: por apenas 2 dólares australianos (o equivalente a R$6,00) por dia teríamos disponíveis, também por dia, 500 MB para usar à vontade. Pagamos, então, AUD 72,00 para nossos 36 dias de viagem.
Pousamos em Melbourne dia 15/10 por volta das 15h. Foram quase 2 dias de vôo – mas graças a Deus e ao Dramin (hehe) dormimos bem no avião.

 

Aluguel de carro na Austrália: 

Assim que pousamos, seguimos para a Europecar para alugar o carro que usaríamos para ir a Wilsons Promontory (3 dias de viagem antes dos nossos amigos chegarem e pegarmos o Motorhome). Mas, tivemos um problema:
Nos pediram carteira de motorista internacional ou tradução juramentada. A gente não tinha :-( sempre viajamos sem a necessidade de apresentar nada além na nossa CNH e, até onde sabíamos, a carteira internacional só era necessária quando o alfabeto do país onde alugássemos o carro fosse diferente daquela da emissão de nossa carteira.
E assim, não conseguimos alugar. Mas… Como sempre há uma solução: recorremos ao santo Google e encontramos um tradutor credenciado pela NAATI que possuía um carimbo digital e poderia traduzir nossa CNH no mesmo dia por AUD 50,00 (pagamento via Paypal)!! Enviamos a foto do documento para ele e poucos minutos depois recebemos por e-mail nossa CNH traduzida :-)! Viva a tecnologia.
Fizemos uma nova reserva de carro para o dia seguinte e seguimos ao hotel para dormir. Depois de 2 dias de voo, capotamos! Dormimos das 18 às 8!
E assim, no dia 16/10 nossa viagem finalmente começou!

 

Dirigindo na Austrália (e apanhando da mão inglesa):

Pegamos, então, o carro – gente, que doideira dirigir do lado contrário, né?
Dirigir na mão inglesa é realmente muito estranho e exige atenção redobrada! A gente entra na rotatória pela esquerda!! Haha super diferente! Sem contar que a pista rápida é a da direita, que todos os carros parecem estar sem motorista e que toda hora que você quer ligar a seta vc liga o limpador de pára-brisas! Hahaha
Ah, aluguem carro automático, ok!? Passar marcha com a mão esquerda não deve ser algo desse mundo! :)

 

Um dia rápido em Melbourne:

Melbourne pareceu ser uma cidade incrível! São muitos parques, muito e muito verde, ciclovias, uma arquitetura super diferente e bonita e uma organização incrível. Parece que tudo foi bem planejadinho: existe a parte corporativa da cidade, a parte dos museus, dos teatros, dos estádios… É demais!
O centro fica nas margens do rio Yarra – então não deixem de passar por ali quando forem à cidade!
Almoço em Melbourne: Almoçamos no Sally’s Kitchen. Carinho mas bem gostoso e muito bem avaliado no tripadvisor. Os pratos variam em torno de AUD 20,00 – o que é OK, mas nossa moeda não está ajudando, né? O câmbio atual é aproximadamente AUD1,00 = R$3,00.
Utilizando os parquímetros da cidade: Estacionamos o carro na rua mesmo, bem próximo aos restaurante. Super tranquilo usar o parquímetro. Colocamos dinheiro o suficiente para 1 hora (aprox 3 AUD) e almoçamos tranquilos! O valor era AUD 5,50 para 2h.
E logo após o almoço chegou a hora de seguir viagem. Dirigimos por 3 horas rumo a Wilsons Promontory – um Parque Nacional muito famoso pela quantidade de vida selvagem e praias lindas.
Dá só uma olhada no que te espera no próximo post ;-)

 

linha pontilhada
Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!