185
roteiros
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha – mais precisamente um verdadeiro paraíso – localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!

Melhore suas fotos!

25 de Fevereiro de 2014
15 comentários 2.206 visualizações

foto

Sempre nos perguntam no Instagram do Vamos qual máquina fotográfica usamos, como conseguimos tirar determinada foto ou até mesmo qual é o nosso “truque”. A verdade é que não temos truque nenhum ;-) A gente usa a GoPro ou a Canon T3i com uma lente Sigma de muito boa qualidade, mas por muito tempo, usamos aquelas câmeras comumente vistas por aí, como uma sony cybershot ou até mesmo o celular (que ainda usamos até hoje) – e as fotos saíam, modéstia à parte :), muito bonitas!

Nós somos amadores e nunca fizemos um curso de fotografia. Pretendemos fazer, é verdade, porque sabemos que a qualidade de nossos registros vai melhorar, e muito. Uma máquina profissional, ou semi profissional, possui diversas funções para serem exploradas – e a gente quer aprender a usá-las. Mas para quem não busca se profissionalizar e a intenção é apenas tirar boas fotos, existem diversas dicas fáceis e práticas que podem realmente mudar a forma como se tira uma fotografia.

Convidamos a Anna Luiza Costa, fotógrafa profissional (e querida amiga de infância) para nos contar um pouquinho desses “detalhes que fazem toda a diferença”. As dicas são excelentes e garanto que vão dar aquela grande melhora nos seus cliques ;-)

10 passos simples que irão mudar a forma como você tira fotos

Por Anna Luiza Costa

dica 6 foto

Em praticamente qualquer cidade do mundo podemos comprar algum souvenir e levar para casa. É possível encontrar de tudo nas lojinhas ou com vendedores ambulantes perto das atrações turísticas, mas eu sempre preferi um souvenir diferente, mais pessoal, que significasse algo pra mim. A minha forma preferida de guardar as memórias de uma viagem é sempre a fotografia. Você revê as fotos e consegue se lembrar exatamente dos momentos, do que aconteceu antes e depois, das risadas, dos cheiros. E quanto mais fiel a foto for ao que você viu e sentiu, melhor.

Por isso eu vim aqui no Vamos pra Onde: para falar um pouco sobre fotografia e como você pode melhorar suas fotos de viagem. Não precisa se preocupar em ter uma câmera profissional: o importante é saber aproveitar o melhor do equipamento que você tem.

Existem várias formas de alterar o resultado final de uma foto, seja através do ISO, da velocidade do obturador, da abertura e do balanço de branco. Você não precisa necessariamente entender nem saber o que esses termos técnicos significam: isso vem com prática e um pouco mais de conhecimento. No modo automático, que é o mais comum para quem é amador e só quer tirar fotos para guardar de lembrança, a câmera controla isso tudo para você, toma todas as decisões. Na grande maioria das fotos de viagem, como as cenas possuem áreas claras e escuras, ela vai conseguir realizar um bom trabalho.

O que mais vai influenciar o resultado final é – acredite – o seu olhar na hora de fazer o clique.

Então lembre-se dessas dicas simples no seu próximo destino:

1. Saiba como a máquina funciona

Além do automático, existem alguns modos na câmera que facilitam bastante a sua vida e vão mexer com as configurações da câmera de acordo com a situação. É muito bom saber para o quê cada um serve:

  • o modo macro é ideal para fotos tiradas bem de perto, para mostrar os detalhes;
  • o modo esporte é melhor para quando tiver movimento e você quiser congelar a imagem,
  • o modo retrato costuma desfocar o fundo para a atenção ficar na pessoa.

foto

Além disso, é de grande valia ter uma noção de quanto dura a bateria – em lugares frios ela acaba mais rápido, por exemplo -, quanto tempo leva-se para carregá-la, como se faz para trocar o cartão de memória se acabar o espaço e como se transfere as fotos para o computador.

2. Preste atenção na luz

Fotografia depende completamente da luz, então preste muita atenção na quantidade e na qualidade da luz disponível. Se estiver muito escuro e você não tiver um tripé, tente apoiar a câmera em algum lugar para a foto não sair tremida, principalmente se estiver no modo noturno.

dica 2 foto

Foto à noite e a necessidade de um apoio para a câmera

O flash da câmera costuma deixar o rosto das pessoas muito branco e o fundo muito escuro – já que não tem alcance para o que está longe – e a foto fica sem profundidade. Em algumas situações ele vai ser sua única opção, mas tente evitar usá-lo.

Olhe também de onde a luz vem: normalmente, o melhor é fotografar com a fonte de luz atrás de você ou do seu lado. Se estiver na sua frente e for muito forte, a câmera vai escolher uma das alternativas: ou vai fazer a exposição para o fundo e o que estiver na frente vai ficar completamente escuro – o que é ótimo se você quiser fazer uma silhueta -; ou o que estiver na frente vai ficar bem exposto, mas o fundo vai ficar estourado, muito branco e você não vai conseguir ver nenhum detalhe.

dica 2 foto

Foto contra a luz – efeito silhueta

Outro ponto para prestar atenção caso você esteja fotografando uma pessoa é o sol: se ele estiver batendo direto no rosto, ela não vai conseguir manter o olho aberto normalmente, sem franzir a testa. Todo mundo sabe, mas poucos procuram encontrar uma posição melhor e acabam tirando aquela foto estranha que não será usada no futuro.

Experimente, veja o que funciona, e não se esqueça de olhar se as sombras não vão atrapalhar demais. Os melhores horários para se fotografar são durante as primeiras horas da manhã e no final da tarde, perto do pôr-do-sol.

3. Foco

Macro Foto

Foco no primeiro plano

Ao usar o foco automático, normalmente é a câmera que decide onde o foco vai estar, e será sempre no que estiver mais perto ou que for mais conveniente/fácil para ela.

Toda câmera tem pontos focais – algumas mais, outras menos – e, dependendo do modelo que você tiver, você vai ver algo parecido com a foto abaixo. Se for o caso, você pode mostrar para o seu equipamento onde quer que o foco fique.

dica 3 pontos focais Foto

Se você apertar o botão disparador vai perceber que pressionando de leve e indo até a metade (sem apertar até o final para tirar a foto), ele faz um barulhinho (bipe): isso é a máquina encontrando o foco. Se você não quer focar no centro da imagem, existem duas alternativas.

Uma é posicionar a câmera com o ponto central de foco em cima do local desejado, apertar o botão até a metade para fixar o foco ali e, sem soltar o dedo, mexer a câmera até o enquadramento que você quer e pressionar o botão até o final.

A outra alternativa é mudar o ponto focal na câmera mesmo, nas opções que a máquina te dá, mais para cima, para baixo, para a direita ou esquerda. Mas não se esqueça de voltar para o centro depois, senão todas as fotos vão ficar com o foco onde você deixou por último.

dica 3 foco edinburgh foto

Foco em diferentes planos

4. Preste atenção no que está no fundo da foto

Escolha o que você vai fotografar e veja como o fundo vai influenciar o resultado final. Galhos de árvore, portas, linhas criadas por outros elementos podem criar uma moldura interessante ou levar seu olho até o ponto principal da foto.

dica 4 foto

Janela fazendo o efeito moldura na foto

Preste atenção no horizonte, por exemplo, e tente mantê-lo reto.

Horizonte foto

Observe a diferença: horizonte alinhado ou não.

E tome cuidado para não colocar pessoas em frente a um fundo que vá criar um resultado indesejado e estranho, como galhos saindo da cabeça como chifres ou um poste como continuação do corpo.

A escolha do que vai aparecer no fundo é tão importante quanto do que vai aparecer em primeiro plano, então mude de ângulo se precisar excluir um objeto indesejado.

5. Nem sempre o centro é o melhor

Essa dica tem muito a ver com a anterior. Nosso instinto normalmente é colocar o objeto ou a pessoa bem no centro da fotografia. Mas nem sempre essa é a melhor escolha. Funciona bem se tiver alguma simetria, por exemplo. Mas, geralmente, sua foto vai ficar muito mais interessante e com uma composição mais bem feita, se você retirar o foco da atenção central.

Evite deixar o horizonte no meio da foto, dividindo certinho: coloque um pouco mais de céu ou um pouco menos.

Dica 5 Paris Foto

Diferenças de composição de uma fotografia

Existem algumas regras na fotografia, como, por exemplo, a regra dos terços, que dizem que é fácil conseguir uma boa composição traçando duas linhas na vertical, duas linhas na horizontal e colocando o que você quer chamar atenção na foto nos pontos de interseção. E preste atenção no fundo – nem sempre precisamos pegar a pessoa de corpo inteiro.

dica 5 regra dos terços foto

Regra dos treços

6. Mude o ângulo

Muitas vezes, uma perspectiva diferente daquela com a qual a gente está acostumado deixa a foto muito mais interessante visualmente.

Se você quer algumas fotos diferentes daquelas que todos tiram, preste bastante atenção à sua volta. Tire as fotos clássicas, mas tente explorar mais a situação e olhar bem. Vá mudando os ângulos: agache e tire de baixo, suba em uma pedra e tire de cima, vá para os lados ou para a parte de trás do monumento que quer fotografar.

Mas é sempre bom tomar cuidado se a foto for de uma pessoa: fotos de baixo, por exemplo, costumam engordar.

7. Procure fotografar pessoas de perto

Acho que todo mundo deve ter aquela foto que pediu para alguém que estava passando tirar, em que você é um pontinho mínimo perto do monumento lá no fundo. Ao invés de deixar a câmera com a pessoa e sair andando até ficar mais perto do lugar que você quer fotografar, faça o inverso e fique mais perto da câmera: por estar mais próximo, você vai aparecer mais e o monumento no fundo também.

dica 7 foto

Procure se posicionar perto da câmera!

8. Tire fotos coloridas

É muito fácil fazer uma foto colorida ficar em preto e branco em um programa de edição. Não precisa ser necessariamente o Photoshop, praticamente qualquer um vai ter essa opção – existem inclusive alguns programas de edição online, como o Pixlr, Pixlr-o-matic. Dessa forma, você pode ter as duas opções: a versão colorida e a em preto e branco. Se você tirar automaticamente em preto e branco, direto da câmera, você só vai conseguir deixá-la colorida com uma técnica muito mais elaborada.

dica 8 carrossel

Foto colorida e preto e branca

9. Pesquise

Quanto mais informação você tiver, melhor. Você já vai fazer as suas pesquisas para a sua viagem de qualquer forma, aproveite para pensar nas fotografias que pode tirar também. Leve em consideração os melhores horários para ir, tanto no sentido de evitar mil turistas aparecendo na sua foto sem querer, quanto no tanto que aquela visão do alto da cidade pode ficar mais bonita no pôr-do-sol ou à noite, por exemplo.

dica 9 eiffel foto

Torre Eiffel à noite: sua iluminação deixa a foto diferenciada.

10. Inove

Enquanto estiver caminhando, preste atenção nos detalhes da vida cotidiana do lugar, nas pessoas, cores, nos formatos e contrastes. A cidade tem muito mais a oferecer além dos pontos turísticos, então tente capturar momentos que mostram como alguém realmente se sente quando está ali.

Oportunidades de boas fotos estão em todos os lugares. É como falamos logo no início: o que mais vai influenciar o resultado final é o seu olhar na hora de fazer o clique! ;)

Boas viagens e boas fotos!


 

AnninhaAnna Luiza Costa é fotógrafa profissional e blogueira no Aquela Mesa, onde publica dicas sobre culinária, receitas e restaurantes surpreendentes que ela tem o dom em descobrir. Hoje mora em Toronto, no Canadá, onde está complementando seus estudos sobre fotografia. 

É também colaboradora do VamosPraOnde.


Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!
  1. Julia 10/01/2017

    Boa noite raquel. Adoro o seu site, e sou muito fã das fotos do seu instagram. Qual modelo de gopro voces utilizam? Beijooos

  2. Paula Hartmann 14/01/2015

    Ameeei suas dicas!!! Sempre tive vontade de fazer um curso de fotografia e essas dicas só fizeram aumentar essa vontade.

    Parabéns!!

  3. oarmariovintage 28/09/2014

    Amei as dicas, gosto bastante de fotografia, mas nunca tinha me atentado a alguns detalhes que você mencionou. Parabéns pelo post, me foi de grande valia.

  4. caroltrevelin 31/08/2014

    Adorei as dicas!!! Sou muito fã de fotografia, embora ainda bem amadora…hehe

  5. Poliana 16/05/2014

    Oi, achei o post bem legal e explicativo. Apenas não entendi muito bem como executar o item 3, mudando o foco da camera… Abraços e lindas imagens e viagens a todos.

    • quelfurtado respondeu Poliana 16/05/2014

      Oi Poliana,
      Obrigada pelo seu comentário!

      Qual a sua câmera? A gente pode te explicar melhor o item 3 ;)

  6. Karla Alves Leal 16/05/2014

    Adorei as dicas! :)
    Bjs,
    Karla
    @cariocandoporai

  7. Kátia Braga 15/05/2014

    Adorei as dicas!!!

  8. Fabiane Teixeira 23/04/2014

    Adorei as dicas!!!!!!!!!!!!!!! Nossa! Ela falou com muita maestria, ficou fácil compreender! :)
    Bora utilizar!

  9. Casei Mudei 19/03/2014

    Muito bom o post!! Super útil para pessoas como eu, que adoram fotografar, mas são amadoras!!!

  10. Rosemarie de Fátima Cancela Ribeiro 25/02/2014

    Adorei! Dicas sen-sa-cio-nais!!!!!

    • aquelamesa respondeu Rosemarie de Fátima Cancela Ribeiro 25/02/2014

      Que bom que você gostou das dicas! Depois vou pedir pra Quel me mostrar algumas das suas fotos, hein? :)

  11. Monica 25/02/2014

    A-do-rei!! Sou completamente fascinada por fotografia. Já fiz 2 cursos por puro prazer, e com certeza ajudou muito a aprender a fotografar e melhorar os registros das minhas viagens. AS fotos são o melhor souvenir!

    • aquelamesa respondeu Monica 25/02/2014

      Fazer curso é sempre bom mesmo, Monica! Já que é uma coisa que você gosta, continua investindo e aprendendo mais! Tenho certeza de que você não vai se arrepender e levar o melhor souvenir de cada cidade :)