185
roteiros
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha - mais precisamente um verdadeiro paraíso - localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!
Responder a: Tentaram esconder um overbooking

Home Fóruns Geral Problemas com vôo cancelado, bagagem, overbooking… Tentaram esconder um overbooking Responder a: Tentaram esconder um overbooking

#9344
Thaïs Doro
Thaïs Doro
Moderador

Eu já tive problema com overbooking também amiga!
Mas consegui reverter por meio de um Piti que eu dei hahaha!
Eu estava de mochilão na Europa por 3 meses de pois de mais 3 morando em Istambul e já tava exausta de andar pra lá e pra cá.

Já tava satisfeita e feliz de voltar! Tava com 2 malas enormes, o que me deu muita dificuldade de deixar até o limite de peso e ainda mandei embalar no aeroporto por segurança. Meu vôo de volta era de Madri e eu cheguei super cedo no Barajas, já sabendo o tamanho enorme daquele aeroporto e querendo pesar minhas malas com calma lá (já prevendo as possíveis consequências do meu exagero hehe).

Cheguei lá pro check-in já com as malas embaladas e não achei meu vôo no visor. Já comecei a ficar nervosa pensando mil coisas.
Fui pra área de check-in e procurei uma atendente, que me informou que o vôo estava cheio e por isso eu ganharia 300 euros pra ficar mais um dia em Madri. E falou isso com uma cara como se ela tivesse me dado o maior presente da minha vida. Detalhe, na época o Euro não tava nem 2,30.

Quem já foi no Barajas sabe o tanto que é cansativo pegar vôo lá. Apesar de o metrô ir até o aeroporto, é um trajeto longo, e troca de linhas com 2 malas enormes. O trem é longe pra caramba e ainda tem que andar pra lá e pra cá em um dos maiores aeroportos do mundo com caminhadas longas e ainda tem que pegar metrô interno dependendo do seu portão de embarque.

Enfim, não é tão simples pegar uma esmolinha e dar meia volta pra voltar no outro dia. E eu tava num nível que, sério, se ela tivesse oferecido o dobro eu não aceitava. E ainda sozinha com 2 malas enormes. Menor chance.

Respirei fundo, olhei pra cara dela e falei: “Deixa eu te contar, eu to um caco, eu to muito ansiosa pra voltar pra casa, eu cheguei aqui com 3 horas de antecedência, foi muito difícil parar aqui com essas 2 malas, eu paguei por esse vôo 6 meses atrás. Eu não sei como você vai resolver esse problema, mas uma certeza que eu tenho é que HOJE eu embarco pro Brasil. Pode me mandar pra Amazônia se quiser, mas me enfia em qualquer avião. Não estou interessada em dinheiro. Pode procurar outra pessoa pra trocar de lugar comigo.”

A mulher me olhou com uma cara assuntada com minha reação “decidida”, falou pra eu aguardar, voltou em 5 minutos e me encaminhou pra um guichet pra despachar minhas malas.

Enfim, uma dica que eu sempre dou é sempre se mostrar segura e mesmo quando não tem certeza das coisas fingir que tem. Eu sei que eles muitas vezes ficam oferecendo esses dinheiros mesmo antes de encher já sabendo que vai encher e vai dar confusão. Era o meu caso.

E não foi a primeira vez, já passou o mesmo comigo quando eu entrei no avião e não tinha lugar em meio a uma troca de aeronave. Fiquei lá plantada e falei que eu não ia sair do avião, que se quisesse podia me colocar na cadeira da aeromoça. Aí ofereceram dinheiro, neguei e perguntaram se alguém queria o dinheiro pra trocar (era tipo 200 reais). Alguém aceitou e fui feliz pra casa!

Ah! E sempre tire foto e grave tudo!! Mesmo se eles reclamarem!