`
Já somos uma família de 6000 viajantes! Não fique de fora! É grátis!Seta
Vlog, bate-papo, dicas e destinos maravilhosos! Não perca o Vamos no Youtube!! Acesse o canal!

Vamos Pra Onde

Quando ir a Itacaré

imagem-inicio-sol-itacare

Não tem jeito, por mais que um destino seja bom o ano todo a gente sempre quer saber a melhor época para visita-lo. Decidir quando ir para Itacaré não seria diferente. 

Então, quando ir para Itacaré?

Na minha opinião, a melhor época em Itacaré (poucas chuvas e dias ensolarados) é realmente a alta temporada – o verão, de dezembro a fevereiro. Até ocorrem chuvas, mas bem curtinhas, que chegam apenas para refrescar. Às vezes o dia amanhece nublado ou termina chuvoso e algumas pessoas até pensam em cancelar o próximo passeio, mas não faça isso. É muito raro a manhã ser chuvosa no verão. Pode saber que logo o tempo vai firmar e ficar lindo.

Passei um revéillon em Itacaré e peguei chuva apenas um dia, por volta das 7h da manhã. A chuva não deve ter durado mais de 20 minutos. Em outra época, fui em meados de janeiro e presenciei uma chuvinha bem fraca alguns dias à noite – mas era tão fraquinha que mal molhava o chão. Nesse período, os dias são tão quentes que você quase reza pra chover. Mas é uma época excelente!

Já em março, as chuvas começam a chegar com mais força.

Já estive na cidade por volta do dia 10 de março e peguei chuvas pela manhã e durante a madrugada. Me falaram que costuma ser sempre assim: chove com certeza ou pela manhã ou à tarde, mas o restante do dia fica lindo! Nessa nossa experiência, o sol firmava depois das 10, 11 horas e o dia ficava sem uma nuvem no céu. A noite também era super estrelada, mas a chuva retornava por volta das 3, 4h da manhã indo até às 7h, e depois retornando umas 9h. São pancadas fortes que escurecem todo o céu, mas passam logo.

Normalmente, o final do mês de março traz chuvas mais longas e mais fortes.

Abril costuma ser até mais intenso nas chuvas que março, mas quando fui, em 2015, peguei uma semana totalmente ensolarada sem uma gota de chuva – apesar da previsão de tempo dizer que choveria todos os dias.

Resumindo: março, abril e maio são meses que você pode encarar se quiser fugir do verão, mas existe a chance de uma chuvinha, ok?

Junho historicamente é um mês que chove bastante. Você pode ter a sorte de pegar uma semana de sol, mas o comum são chuvas fortes e longas – que duram uma semana inteira. O mar também fica bastante mexido e mais escuro em algumas regiões, por causa das águas do rio.

É aí que entra o inverno da Bahia: junho, julho e agosto, não por ser frio, mas pelas chuvas frequentes. Eu evitaria esses meses (mas.. é aquela coisa, você pode ter sorte e pegar uma semana inteira de sol).

O legal de julho a setembro é a chance de ver baleias. Essa é a temporada que eles passam por Itacaré. É fácil vê-las passando do alto do condomínio Vilas de São José, por exemplo (onde está a Prainha e a Praia de São José).

Quem gosta de surf pode considerar os meses de outubro e novembro. Essa foi a época do campeonato de surf em 2015 em Itacaré.

Aqui vale uma notinha importante: Um outro problema da época das chuvas são as Baronesas, umas plantas que aparecem e ficam “boiando” pelas águas nas praias. Quando chove muito nas regiões por onde passa o Rio de Contas (um rio de 600km de extensão que desagua aqui em Itacaré) é necessário abrir as comportas ao longo desse rio – e é aí que está o problema. Aquele enorme volume de água desce com tudo, trazendo a vegetação (as famosas Baronesas) para as praias de Itacaré.

No carnaval de 2015, por exemplo, choveu muito em diversos municípios por onde passa o rio. Como era alta temporada aqui na cidade, seguraram ao máximo a abertura das comportas; mas bastou passar a semana que precisaram abrir tudo – e o mar por aqui ficou marrom. Uma tristeza para os turistas que vieram nessa época.

Por isso, a melhor dica de todas é evitar a época de chuvas na Bahia (apesar de que essa chuva no carnaval veio sem aviso e bem fora de época – foi a primeira vez que aconteceu).

linha pontilhada

The following two tabs change content below.
Raquel Furtado é apaixonada por viagens, esportes, natureza e tudo aquilo que deixa a vida mais leve e feliz! Em 2013 tomou a difícil decisão de deixar o meio corporativo para seguir o sonho de conhecer o mundo. Fugir da vida "tradicional" não é fácil, mas viver em busca de emoções fazendo o que ama é extremamente recompensador. Hoje, trabalha com o VamosPraOnde e acredita que a vida é cheia de boas surpresas pra quem segue seu coração.

4 Comentários

  1. Oi, você sabe como é em Itacaré em abril? Vi que você disse que em março pode haver mais chuva, e consequentemente mais algas, isso quer dizer que em abril pode ser pior?

    • É instável, você pode dar sorte ou azar… heheh É um risco, mas se é a única época que você pode visitar Itacaré, acho que vale arriscar!

  2. Sera muito ruim ir em julho?! Estava querendo ir agora em julho… estou na dúvida

  3. Quando ir a Itacare? Sempre hehe, todos os dias que você conseguir! Paraíso na terra! Parabéns pelo trabalho.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como é o mar em Itacaré? A maré varia muito? - […] com as Baronesas, umas plantas que aparecem e ficam “boiando” pelas águas nas praias. Saiba mais sobre a época…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *