185
roteiros
124
cidades

Meus 7 dias em Tromso + Aurora Boreal!

Nem acredito que realizei esse sonho: ver a Aurora Boreal <3! Foi tudo ainda mais mágico do que eu esperava. Quem acompanhou os posts e os stories no nosso Instagram durante essa minha viagem para Tromso em janeiro/2018...

Como chegar à Machu Picchu

Machu Picchu é um destino maravilhoso! Recomendamos muito que você reserve um espacinho na sua agenda para conhecer esse lugar especial. Machu Picchu representa...

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além da Flórida e NY: Explorando o Oeste

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Praias do Desembarque (ou do Dia D) na Normandia

10 de julho de 2014
6 comentários 4767 visualizações
escrito por Raquel Furtado

O dia 06 de junho de 1944 marcou a história. Foi no Dia D (como ficou conhecido) que se iniciou a operação Overlord, que viria a por fim à Segunda Guerra Mundial na Europa. Mais de 150 mil soldados (especialmente americanos, ingleses e canadenses) desembarcaram nas hoje chamadas Praias do Desembarque, na costa da Normandia. Esse foi o começo de uma longa jornada até que as tropas aliadas derrotassem o exército nazista e libertassem, junto com a França, todos os outros países invadidos na Europa.

Muitos turistas que visitam a linda Normandia buscam conhecer as 5 praias que receberam as tropas aliadas.

Praias do Desembarque (ou Praias do Dia D)

Quem tiver mais um dia na Normandia, pode incluir no roteiro uma visita às Praias do Desembarque. Sua importância histórica é imensa. Como falamos acima, as também chamadas praias do Dia D foram palco para o início da vitória na Segunda Guerra Mundial.

Foi o que a nossa colaborada Fabi Gama fez. Para finalizar sua viagem pela Normandia, ela e o marido foram às Praias do Desembarque. Depois de passar por Giverny, pelo Mont Saint Michel, por Honfleur, as cidades vizinhas Deauville e Trouville-sur-mer e Etretat, era hora de conhecer toda a história do Dia D. 

As 5 Praias do Desembarque

A área de desembarque pelas tropas aliadas foi dividida em 5 praias:

  • Utah Beach
  • Omaha Beach
  • Gold Beach
  • Juno Beach
  • Sword Beach

Os soldados americanos desembarcaram nas praias de Utah e Omaha, enquanto os ingleses, canadenses e franceses foram para Gold, Juno e Sword.

Um pouquinho de história

Lembram do filme “O Resgate do Soldado Ryan”? Ele é justamente sobre essa batalha. Nas primeiras horas do Dia D, as forças aliadas começaram a desembarcar na costa da Normandia. Esse foi o primeiro passo da planejada invasão da França ocupada pelos alemães. A operação é conhecida como operação Overlord.

A Fabi visitou as praias do desembarque em 2014 –  ano de comemoração do aniversário de 70 anos desse dia tão importante, que marcou a tomada da França pelos aliados. Todos os vilarejos foram enfeitados para a comemoração. Havia bandeiras dos países aliados por todos os cantos! Até o Presidente Obama prestigiou o evento com sua presença.

Entre uma parada e outra, pelas estradinhas da Normandia, passamos por diversas tropas, tanques e jipes americanos de guerra. Parecia que tínhamos voltado no tempo! – Fabi Gama

 


O que visitar

Os principais pontos a serem visitados são: Omaha beach, Cemitério Americano, Pointe du Hoc, Arromanches e Bayeux.  

Omaha beach

Provavelmente a praia mais procurados pelos turistas que querem conhecer as Praias do Dia D. Ela é famosa por ter sediado o mais sangrento combate no desembarque das tropas aliadas. O acesso das tropas foi o mais difícil entre todas as praias: havia vários obstáculos que impediam sua chegada até a areia.

É em Omaha Beach que está o Cemitério Militar Americano, em Colleville-sur-Mer. O Visitor Center, que antecede a entrada, conta com um acervo descritivo do desembarque, com testemunhos pessoais dos próprios soldados em textos, fotos, filmes e objetos da época. Nela também está o Omaha Beach Memorial, uma grande escultura na praia que homenageia a coragem dos soldados. A cidade ao redor de Omaha Beach não oferece muitas atrações.

Cemitério Americano

O governo francês cedeu o terreno onde fica o cemitério para os EUA e toda a manutenção é feita e bancada pelo governo americano. Mais de 10 mil soldados americanos que morreram na batalha da Normandia estão enterrados lá. Também tem um memorial incrível com vídeos, fotos, relatos e cartas escritas pelos soldados para suas famílias. Super comovente. O cemitério fica em um local lindo, no alto da falésia com vista para a Omaha beach, uma das cinco praias do desembarque. Local florido, cheio de pássaros e muita paz.

Pointe du Hoc

O Pointe du Hoc foi o local onde os alemães construíram “bunkers”. Hoje é um parque com todos os registros e vestígios históricos. A visita é praticamente uma aula de história. Super interessante!

Arromanches-les-Bains

Em Arromanches-les-Bains há ruínas do porto artificial “Mullberry”, construído pela Inglaterra após o “Dia D”,  para descarregar armamentos e mantimentos e para desembarque de tropas. Remanescentes deste porto, nomeado pelos Ingleses “Porto Winston“, em homenagem ao seu idealizador, Sir Winston Churchill, ainda hoje podem ser observados na praia de Arromanches.

A cidadezinha hoje é super charmosa, repleta de restaurantes (um bom lugar para almoçar). Há ainda o Museu do Desembarque e um cinema 360º que apresenta filmes sobre a história da vila durante a Segunda Guerra Mundial. Por lá, assim como em Étretat,  também é possível caminhar sobre as  falésias.

Bayeux

Bayeux foi a primeira cidade a ser libertada pelos aliados em 1944, escapando dos estragos da guerra. A cidade é repleta de restaurantes charmosos e lojinhas. A Catedral Notre-Dame é belíssima e vale a visita! A cidade também é conhecida pelo Museu da Tapeçaria, onde está o  imenso tapete bordado,  datado do século 11, que descreve os eventos-chave da conquista normanda da Inglaterra por Guilherme II, Duque da Normandia. A tapeçaria mede cerca de 70 metros de comprimento por meio metro de altura. Nela são representadas cerca de 60 cenas. Para visitar o museu você precisa reservar 1h30.

Em Bayeux também é possível visitar o Museu da Batalha da Normandia e o Cemitério de Guerra Britânico.

Quando ir?

A melhor época para visitar a região é de meados de abril a meados de outubro (da primavera ao outono). Mas ressalto que, os incríveis campos de flor de canola que deixam a região ainda mais encantadora, só existem do mês de abril até o início do mês de maio.

 


E assim o guia sobre as Praias do Dia D chega ao fim…

E você? Já esteve na Normandia? Conheceu as Praias do Desembarque? Conta pra gente sua experiência – ou deixe duas dúvidas – aqui nos comentários!

Eu me surpreendi muito com essa viagem! Ela é super completa: as paisagens são incríveis (eu amo um landscape!), as cidades são charmosas, a comida é excelente (a bebida, então, nem se fala!).  E ainda, é uma viagem repleta de história! É impressionante como a França tem tantos destinos fascinantes! Uma road trip pelo país é algo sempre delicioso! – Fabi Gama

campos floridos na Normandia

fim do conteúdo do post

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!

  1. Hadson roque 13/04/2016

    parabens linda.. gostei muito

  2. hadson roque 13/04/2016

    gostei muito oh…… parabens Raquel

  3. Silvia Roberta 11/07/2014

    Mais um ótimo relato meninas. Todo e qualquer lugar que conte um pouco sobre as histórias das guerras e sobre a Alemanha me fascina.

    Ps.: Raquel, adorei tuas palavras nos finais do texto…vou usar heim rsrsrs ;)

  4. Fabi @loucosporviagem 10/07/2014

    Quel, ja nem me lembrava mais desse texto! Ficou lindo! Adorei

    • quelfurtado respondeu Fabi @loucosporviagem 10/07/2014

      Poisé Fabi! Achei que estava publicado já! :(