185
roteiros
41
países
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha – mais precisamente um verdadeiro paraíso – localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!

Hallstatt, um charme Austríaco

11 de de 2014
7 comentários 6.819 visualizações
Hoje temos mais uma querida leitora viajante aqui no blog, dessa vez nos contando sobre uma cidadezinha que me encanta desde quando encontrei sua foto na internet, toda branquinha, na beira de um lago e a transformei em fundo de tela no computador. Sempre sonhei em conhecer aquele lugar que parecia de mentira, de conto de fadas, chamado Hallstatt. Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ir além da foto, na verdade ainda não conheço a Áustria, mas a Fabiane fez uma viagem maravilhosa pela Europa e postou em seu instagram fotos incríveis dessa minha cidade dos sonhos. Me deixou maluca!!! :) Queria muito ir, conhecer, saber mais, e ver ainda mais fotos! Imaginem então a minha alegria quando ela resolveu mandar seu relato pra gente?
Aproveitem o texto, está lindo e com fotos de babar! E se preparem pra ter mais uma cidade incluída na listinha de destinos futuros…
Hallstatt, Áustria | A foto que sempre me encantou! (encontrada na net)

Hallstatt, Áustria | A foto que sempre me encantou! (encontrada na net)

Hallstatt, uma das cidades mais românticas do mundo!

por Fabiane Teixeira, do blog viagens e vivências

Hallstatt trata-se de uma pequena aldeia da Áustria, cravada entre as montanhas e o Lago Hallstatter See. Em 1997, foi declarada Patrimônio Histórico da Unesco. Sua beleza natural camufla, ou tenta camuflar, a riqueza histórica do lugar, que abriga a mina de sal mais antiga do mundo.

Hallstatt é uma cidade ideal para casais apaixonados. Por lá, todos os detalhes transbordam o romantismo.

Como Chegar?

A melhor opção para chegar em Hallstatt é de carro, a partir de Salzburg. Existem outras opções partindo de ônibus ou de trem, de Salzburg (71km) e Viena (289km). Preferimos fazer o trajeto de carro.

Apesar da distância ser curta, a viagem é relativamente longa: um determinado trajeto é composto por muitas curvas, o que atrasa a viagem; sem contar que o caminho é lindo, o que te força a parar o tempo todo para admirar! Vimos diversas casinhas que mais parecem de bonecas, com os alpes austríacos ao fundo e infinitos campos verdinhos (isso na primavera e verão). Não tem como não parar para fotos!

Quando ir?

O clima austríaco, em geral, tem inverno forte, com muita neve e chuvas recorrentes ao longo do ano. Em Hallstatt a chuva esta fortemente presente. O mês mais seco é fevereiro e o mais úmido é junho. A temperatura média gira em to.no dos 8 graus – a cidade é fria mesmo no verão/

A melhor época para conhecer Hallstatt é entre Abril e Outubro, época em que é possível fazer inúmeros passeios, a temperatura é agradável, e o sol se põe bem mais tarde! Durante o inverno, a maioria dos hotéis e atrações fecham.

Clima Clima Vienna

Onde se hospedar?

Quando estiver procurando por um hotel em Hallstatt, tenha o cuidado de observar se o hotel realmente está localizado na cidade. Quando pesquisava, vi que alguns hotéis eram bem distantes da vila. Ah, e não esperem encontrar hospedagem a baixo custo por lá, todas que encontramos tinham preços bem elevados.

Ficamos hospedados no Heritage Hotel, que tem uma excelente indicação no Booking.com. A maioria dos quartos é de frente para o Lago, e ele está localizado na área central, a menos de dois minutos da praça principal.

Quanto tempo ficar na cidade?

Como Hallstatt é muito pequena, você consegue conhecer toda a cidade em um único dia! Mas mesmo assim, recomendo a pernoite de um dia por lá. Seria uma ingratidão com toda o carisma que eles recebem os turistas e visitantes, ir embora no final do dia. Então, apesar de ter lido em inúmeras dicas que vale a pena fazer um day trip, preferimos passar a noite na cidade! E não arrependemos de nada!

Onde comer?

Em Hallstatt, existem poucos restaurantes. A maioria deles é dentro dos próprios hotéis. Existem algumas cafeterias e algumas espécies de pubs. Mas tudo fecha muito cedo! Os cafés e padarias fecham as 17h. Apenas os restaurantes dos hotéis ficam abertos até mais tarde.

Ao lado da Igrejinha Luterana (aquela avistada em todas as fotos da cidade) existe uma barraquinha de lanches que fica aberta até mais tarde.

O que fazer em Hallstatt?

  • Faça um passeio pelo Centro da cidade!

Conheça cada ruela, observe os detalhes das casinhas e tente conhecer os pontos mais altos, que tem acesso por algumas escadas de muitos degraus, mas nada tão difícil que não valha a pena! A praça central é fofa e um destaque da cidade (Central Square Marktplatz).

  • Visite a Evangelische Kirche Hallstatt e conheça o hotel  Grüner Baum

Aproveite que está na área central, e visite a famosa igrejinha, que é o cartão postal da cidade, a Evangelische Kirche HallstattBem pequenina, mas charmosa e menos ornamentada que a Igreja Católica.

Conheça o Seehotel Grüner BaumConta-se que o mesmo hospedou a Imperatriz da Áustria, Sisi.

  • Visite o Museum Hallstatt

Museum Hallstatt é o Museu da Herança Cultural (Seestrasse 56, Hallstatt). Ele retrata a história de Hallstatt desde a época da colonização romana até os dias atuais. Mas vá com calma! O acervo é muito interessante e interativo!

Ao sair do Museu, observe o gigante tabuleiro de xadrez à sua esquerda.

Xadrez Hallstatt

Aproveite para comprar algumas lembrancinhas na loja de artigos esportivos chamada Janu (Dachsteinsport Janu), localizada na Seestraße 50. 

No subsolo da loja, existe uma exposição gratuita e permanente de um sítio arqueológico que encontraram durante uma escavação em 1990. Infelizmente, não conseguimos visitá-lo, diante de uma forte chuva na cidade que acabou alagando o subsolo. Mas lá existem peças que chegam a 7000 anos.

  • Conheça a igreja Parish of the Assumption

Parish of the Assumption, localizada na Kirchenweg 40: é a Igrejinha Católica de Hallstatt. O altar da igreja, em estilo gótico, é impressionante, assim como os vitrais e as pinturas nas paredes externas.

Ao lado da Parish of the Assumption, ficam dois pontos interessantes da cidade: um cemitério e um Capela de Ossos (Hallstatt Ossuary).

cemitério parece mais um jardim, com seus vasinhos de plantas, flores pelo chão, e os túmulos, construídos em madeiras, mais parecem uma casinha de bonecas. Em um contraditório absurdo, o lugar acaba sendo alegre! Mas é muito pequeno!

E por ser tão pequeno, acabaram construindo a Capela dos Ossos, que foi uma ideia para abrigar os ossos dos moradores de Hallstatt. Depois de limpos, os ossos eram decorados e cuidadosamente expostos no “altar”. Com a permissão da igreja católica para a cremação dos corpos, este costume foi deixado de lado, e o lugar virou ponto de visitação!

  • A mina de sal Salz Welten

Salz Welten (Salzbergstraße 21) é a Mina de Sal mais antiga do mundo e uma das principais atrações da cidade. A mina era considerada do ano de 1.500 a.C. Até que, recentemente, encontraram artefato datado de 5.000 a.C., daí, passou a ser considerada a mina de sal mais antiga do mundo, com aproximadamente 7.000 anos.

Para chegar a Mina existem duas formas: uma caminhada acentuada de uma hora, pela montanha ou em um funicular que te eleva a 855 metros, em apenas 3 minutos. O ingresso para o funicular é vendido na bilheteria da Mina (o ticket de ida e volta mais a entrada na Mina custaram 24 Euros).

As visitas são guiadas e partem em horários pré-determinados. Prepare-se para ficar em torno de 3 horas no local ou mais; ou seja, se estiver com pressa, faça o passeio de funicular.

O mirante do local é maravilhoso e te permite ver as montanhas com seus picos nevados, o lago, e Hallstatt minúscula e encravada aos pés do monte.

Quando chegar no local que inicia a visita guiada, eles te fornecerão uma roupa própria para ingressar na mina. É aconselhável ir com algum agasalho (mas nem tanto, pois com a caminhada, você sente um pouco de calor). 

O passeio consiste em uma caminhada para dentro da montanha, passagem por dois escorregadores de madeiras, sendo que no último deles, além de uma foto que eles tiram durante a sua decida, eles medem a velocidade que você atingiu. Optamos por descer juntos (de casal), e nossa velocidade não foi muito boa não… mas foi divertido! A foto é vendida ao fim do tour por 5 Euros. No final, existe uma espécie de trenzinho que te leva bem rápido para fora da Mina. Neste momento, você vê o quanto o ambiente interno da mina é frio!

Dica:

Audioguia: No Centro de Informações ao turista, você consegue alugar um audioguia que fornece informações de diversos pontos da cidade. É bem interessante para quem quiser saber mais sobre Hallstatt.

hallstatt

Hallstatt é uma cidade linda, encantadora. Quem tiver a oportunidade, não pode deixar de conhecer!

Fabiane Viagens e VivenciasFabiane Teixeira é editora do blog Viagens e Vivências, onde conta suas experiências pelo mundo ao lado de seu noivo. Eles fizeram juntos, em maio de 2014, uma viagem pela Europa, quando conheceram Hallstatt e fizeram esse lindo relato pra gente! O texto e as fotos são dela.

Não deixe de conhecer também o instagram do casal, onde postam diariamente fotos de suas viagens.

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!
  1. Jeane 21/11/2016

    Parabéns pelo relato, adorei.

  2. George Ramos 07/04/2016

    Percebi que no relato que vocês foram de carro até Hallstatt. O carro chega até a cidade? Pelos outros relatos que li tinha que pegar um barco para chegar até lá. Como vocês fizeram?

  3. Fatima 19/07/2015

    Pretendo conhecer Hallstatt agora em setembro… A cada pesquisa que faço sobre esse vilarejo, maior é a minha vontade de conhecer.

  4. Agnaldo bueno 19/07/2015

    Realmente é linda tive a graça de conhece la facinante…

  5. Diego Oliva 05/03/2015

    que lindo este relato, quero mesmo fazer Austria de carro, e vou ver se consigo ir pra República Tcheca também de carro.

  6. […] de Hallstattt na Internet. Para mais detalhes do que fazer por lá, as dicas desse blog (o “Vamos pra Onde“) são […]

  7. […] dicas de Hallstatt. Para não ser repetitiva, indico um blog que achei legais as dicas: o “Vamos pra Onde“, onde você pode encontrar mais detalhes do que fazer por […]