185
roteiros
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha – mais precisamente um verdadeiro paraíso – localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!

Os melhores restaurantes do Rio de Janeiro

22 de Junho de 2017
2 comentários 4.005 visualizações

Se você nos acompanha há um tempo, já sabe que amamos comer e descobrir novos restaurantes, bares e bistrôzinhos especiais. Na nossa cidade, então, não poderia ser diferente. Listamos aqui nossos restaurantes preferidos no Rio de Janeiro, indicando a característica de cada cozinha (italiana, japonesa, brasileira…), a sua proposta (almoço, fine dining, menu degustação) e o estilo do estabelecimento (despojado, familiar, romântico, sofisticado, etc…).

Categorizamos nossas seleções com chapéus de cozinheiro (de 0 a 5) como nota pessoal e incluímos uma estrelinha amarela para cada estrela Michelin recebida.

Antes de começar, deixo um adendo: salvo algumas exceções, é difícil ficarmos 100% satisfeitos com o serviço nos restaurantes da capital carioca – até mesmo nos nossos preferidos. Acho que essa é uma característica da cidade. Eu estranhei um pouquinho o estilo quando me mudei de BH para o Rio, mas me adaptei. Acho que vale a notinha para que as expectativas, nesse sentido, não sejam tão elevadas. Em relação à comida, entretanto, não temos o que questionar!

Então vamos lá?

  1. Irajá Gastro

informações em resumo sobre o restaurante iraja no rio de janeiro

Não sei exatamente o porquê, mas o Irajá costuma ser a resposta quando me perguntam qual meu restaurante preferido no Rio. Bom, já aviso: o cardápio por lá não é muito variado (são normalmente 6 opções de prato principal), o ar condicionado do restaurante às vezes me congela (leve um casaquinho!) e o preço não é muito camarada (o prato principal é R$88). Dito isso, entretanto, eu como de joelhos.

Ele está localizado em uma casa bem charmosa em Botafogo e tem seu espaço divido em pequenos ambientes: uma espera (bancada e banquinhos logo na entrada) e dois espaços de almoço e jantar (um mais descontraído, na ante-sala à direita, e o salão principal, ao fundo, com mesas para casais ou grupos que preferem se acomodar em uma mesa redonda). São 55 lugares.

O restaurante é contemporâneo com influências da cozinha brasileira. Ele é comandado pelo chef Pedro de Artagão. Vocês acessam o cardápio por esse link da página oficial. Reservas são recomendadas e estão disponíveis apenas para o primeiro horário (20h). A casa só aceita grupos de até 8 pessoas.

Meus pratos preferidos são: Caprese 5.0, Pão de Queijo de Tapioca (ambos entradas), o Franguinho orgânico, a Cavaquinha ou o Bife de chorizo (pratos principais), e o bolo de brigadeiro (o famoso e incrível bolo do Irajá) ou o aipim com coco e doce de leite (meu preferido!) como sobremesas.

Endereço: Rua Conde de Irajá, 109 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ, 22271-020
Telefone:(21) 2246-1395

linha para dividir posts

2.  Lasai

informações em resumo sobre o restaurante lasai no rio de janeiro

Não conheci ainda uma pessoa que tenha ido ao Lasai e não morrido de amores pela experiência. (Será que vou encontrar alguém aqui nos comentários? rs!) A cozinha é comandada pelo chef Rafa Costa e Silva, que trabalhou no Mugaritz, Espanha, um dos restaurantes mais importantes da última década e premiado com duas estrelas Michelin. A comida é sensacional e ele poderia, facilmente, ser o meu restaurante preferido no Rio mas, devido ao preço, ele fica no posto de preferido para ocasiões especiais. Quando forem, aproveitem bem a carta de vinhos – que é espetacular. Eu pedi um branco Mendraka, do País Basco. Maravilhoso!

O Lasai só trabalha com reservas e não oferece opções à la carte. A casa conta com apenas dois menus degustação de 6 pratos: o Festival (R$ 345,00) – um menu surpresa a cargo do chef; e o Não me conte histórias (R$ 295,00) – em que você escolhe uma entrada, um prato principal e uma sobremesa.

O ambiente é moderno e bem bonito. São dois andares: o salão principal está no primeiro, onde também se encontra a mesa do chef (um espaço super especial, em frente à cozinha, em que você é servido pelo próprio Rafa); o segundo é um terraço super charmoso, onde a gente normalmente espera pela nossa mesa e/ou aproveita um espumante.

Endereço: Rua Conde de Irajá, 191 – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 3449-1834 ou (21) 3449-1854

Funcionamento: Terça-feira à sábado, 19:30 às 22:00

linha para dividir posts

3.   Pici Trattoria

informações em resumo sobre o restaurante pici no rio de janeiro

O Pici abriu no Rio em 2016 e já vive lotado – mesmo! Vale chegar cedo para não passar muito tempo na espera (eles oferecem o balcão para tal, mas sempre tem gente esperando do lado de fora).

O comando é do chef Thiago Berton, ex-braço-direito de Rafa Costa e Silva no Lasai. As massas oferecidas pela casa são artesanais e deliciosas. O carbonara é bem tradicional: sem creme de leite, com pancetta, massa de fio longo e ovo de gema mole para ser misturado na hora (pra minha felicidade!!). O prato preferido de muitos, entretanto, é o Pici – uma massa rústica típica de Siena, feita com pomodoro, linguiça artesanal e shitake. O polvo também merece destaque – apesar de ser difícil resistir às massas, ele é delicioso!

A boa notícia? Apesar de ter uma carta de vinhos atraente, o restaurante não cobra rolha – então você pode levar, tranquilamente, sua própria garrafa se preferir!

Porquê nota 4/5? A sobremesa não me conquistou tanto quanto poderia… ;)

Endereço: Rua Barão da Torre, 348 – Ipanema – Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 2247-6711

Funcionamento: Todos os dias, das 12h até o último cliente

linha para dividir posts

4.  ORO

informações em resumo sobre o restaurante oro no rio de janeiro

O ORO é comandado pelo Felipe Bronze, um dos chefs mais premiados de sua geração. Foi eleito Chef do Ano pela Revista Veja (2010, 2011, 2012 e 2016), pelo jornal O Globo (2003 e 2011) e pelo Guia 4 Rodas (2013). A sommelier argentina Cecilia Aldaz também merece destaque – primeiro pela simpatia e segundo pelos prêmios, em dois anos consecutivos, de Melhor Sommelier da cidade, concedidos pela Veja.

A casa funciona apenas com reserva e oferece duas opções de menu degustação: o Criatividade (R$345), que constitui um passeio mais longo pela cozinha; e o Afetividade (R$295), mais enxuto, com receitas consagradas). Nesse link do site oficial você acessa o cardápio e confere os valores atualizados.

prato do oro um dos melhores restaurantes do rio de janeiro

Foto: Reprodução (ORO)

Quem conhecia o ORO antes da reabertura em 2016, no Leblon, vai encontrar agora um novo restaurante e um novo conceito. Vale a pena conhecer ;-)

Endereço: Rua General San Martin, 889 – Leblon – Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 2540-8768 ou (21) 2259-1164

Funcionamento: Terça a sexta: 19:30h às 23h e Sábados: 13h às 15h e 19h:30 às 23h

linha para dividir posts

5.  Gurumê

informações em resumo sobre o restaurante gurume no rio de janeiro

É verdade, o Rio não é como São Paulo no quesito restaurantes de comida japonesa. A capital paulista tem inúmeras opções maravilhosas com os preços mais variados, enquanto, no Rio, a gente tem que saber procurar para encontrar as opções realmente boas. Pra mim, o Gurumê é uma delas. São duas casas na cidade – uma no Fashion Mall, em São Conrado, e outra em Ipanema. Gosto mais da primeira (não achei o ambiente em Ipa tão agradável, preciso dar mais uma chance para, talvez, mudar de opinião).

Saí super satisfeita com todos os pratos que pedi – incluindo o brownie de doce de leite com sorvete como sobremesa. Uma novidade interessante é a uma seção especial do cardápio, criada pelos chefs Daiti Ieda e Renato Araújo, em parceria com a nutricionista Cynthia Howlett: opções com pouco carboidrato e baixo teor de sódio. Vegetarianos e veganos também podem aproveitar.

 

O Gurumê está em alta no Rio – recomendo reserva (feita facilmente online pelo site oficial) para evitar a longa espera na fila, principalmente nos finais de semana.

Endereço: Shopping Fashion Mall 3º Piso – Estrada da Gávea, 889 – São Conrado
Telefone: (21) 3324-4290

linha para dividir posts

6.  Emile

informações em resumo sobre o restaurante emile no rio de janeiro

Emile é o sofisticado restaurante do novo Emiliano Hotel em Copacabana. O ambiente é lindíssimo (principalmente o 2º salão, representando uma área externa com um enorme jardim vertical) e a comida merece a boa fama que vem conquistando.

O cardápio é super variado, sem perder a qualidade dos pratos. Você consegue consultá-lo com valores atualizados pelo site oficial do restaurante.

Meus pratos preferidos são o risoto com cogumelos, o polvo na grelha, o farfalloni com camarões e o atum semi grelhado.

Melhores restaurantes no Rio de Janeiro

linha para dividir posts

7.  Olympe

informações em resumo sobre o restaurante olympe no rio de janeiro

Não é muita novidade incluir o Olympe aqui :). O restaurante de Claude Troisgros conquistou merecidamente a 17ª posição na lista da Latin Americas’s 50 Best Restaurants de 2017 – é o primeiro restaurante carioca da lista (uma posição à frente do Lasai) – e está entre os 100 melhores do mundo.

A casa oferece 3 opções de menu degustação: o Confiance, com opções de 5 a 7 pratos, o Vegetariano e o Criação, com 3 pratos + 1 sobremesa. O cardápio com valores atualizados pode ser acessado através desse link do site oficial.

prato do olympe um dos melhores restaurantes do rio de janeiro

Foto: Reprodução (Olympe)

Uma opção mais acessível, que ainda te permite conhecer alguns pratos do Olympe, é o Menu Executivo do almoço. Entrada + Prato Principal (R$150) ou Entrada + Prato Principal + Sobremesa (R$175). Veja o cardápio aqui.

Reservas recomendadas. Podem ser feitas online.

Endereço: Rua Custódio Serrão 62, Lagoa – RJ
Telefone: (21) 2539-4542

Funcionamento: Segunda a sábado 19:30 a 00:00 para jantar , Terça a sexta 12:00 a 16:00 para almoço e Domingo 12:00 a 16:00 para almoço.

linha para dividir posts

8.  Capricciosa

informações em resumo sobre o restaurante capricciosa no rio de janeiro

A Capricciosa entra na lista para a alegria dos amantes de uma boa pizza. Ela é um clássico – apesar de que eu acabe frequentando mais o Mamma Jamma quando bate a vontade de pizza (mas confesso, não é muito frequente).

São 3 localizações no Rio de Janeiro: Ipanema, Copacabana e Jardim Botânico. Ela estreou na cidade o conceito D.O.C. (Denominação de Origem Controlada) – selo de classificação italiana de excelência – e já recebeu diversas vezes o prêmio de melhor pizzaria do Rio pela revista Veja e pelo jornal O Globo.

O carro-chefe da casa é a Margherita Gourmet, com mozzarella di bufala artesanal, tomate pachino, lascas de parmigiano e manjericão. Veja aqui o cardápio completo, que inclui, ainda, opções de pizzas com massa sem glúten.

Conheci a Capricciosa em Búzios e alguns anos depois, jantei na unidade de Ipanema. Faz tempo, entretanto, que não retorno. Preciso mudar isso!

Endereço: Rua Vinícius de Morais, 134, Ipanema – RJ
Telefone: (21) 2523-3394

Confira os outros endereços no site oficial.

linha para dividir posts

9.   Laguiole

informações em resumo sobre o restaurante laguiole no rio de janeiro

Localizado dentro do MAM, o Laguiole tem um quê de especial e conquistou muito bem seu espaço no Rio de Janeiro. A casa oferece menu degustação (couvert, canapés, 4 pratos e sobremesa – R$240); menu Laguiole (couvert, entrada, principal e sobremesa – R$175) e pratos à la carte. Confira o cardápio com valores atualizados nesse link do site oficial.

prato do laguiole um dos melhores restaurantes do rio de janeiro

Apesar de ter uma proposta levemente voltada para almoços de negócio, os pratos são sofisticados e a localização é bem estratégica para aqueles que gostam de arte e querem aproveitar para conhecer o Museu de Arte Moderna da capital carioca.

O restaurante só abre para almoço (de 12h às 17h) e não funciona nos finais de semana.

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85, Centro. Rio de Janeiro
Telefone: (21) 2517-3129

linha para dividir posts

Além dessa seleção, temos ainda o Cipriani (um italiano que me foi muito bem recomendado, localizado em Copacabana), o Naga (japonês, na Barra), o clássico Satyricon para frutos do mar (localizado em Ipanema), o oriental Mitsuba (muito bem avaliado, localizado no bairro Tijuca) e o Mee (o restaurante asiático do Copacabana Palace).

Espero poder confirmar as boas referências que tive quando tiver a oportunidade de conhecê-los pessoalmente. Quem sabe eles não passam a fazer parte dessa listinha?

Para os que me perguntam sobre o Aprazível – adoro o ambiente, a vista e a decoração; mas a comida, pra mim, não é excepcional (e pelo preço, acho que deveria ser). Em todo caso, às vezes recomendo, principalmente para pessoas que não conhecem o bairro Santa Teresa, para grupos (a mesinha na árvore é demais), e para bons de boca (não muito exigentes!). A verdade é que, falando nele, dá até vontade de voltar…

E vocês? Podem me dizer os seus restaurantes preferidos na cidade maravilhosa?

 

 

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!
  1. Bruna Rocha 04/07/2017

    Quel, a lista está maravilhosa! Concordo em gênero, número e grau sobre o Aprazível, adoro, mas não gosto muito… rsrsrs! Quero conhecer o Lasai e o Mitsuba! obrigada, querida!

    • Raquel Furtado respondeu Bruna Rocha 04/07/2017

      Obrigada!! O Mitsuba também ainda não conheço, mas o Lasai foi uma experiência (cara, mas) maravilhosa!