185
roteiros
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha – mais precisamente um verdadeiro paraíso – localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!

Paris em 4 dias!

16 de Julho de 2014
28 comentários 72.405 visualizações

Para dar continuidade a nossos posts sobre Paris, convidamos a Monica Barros (editora do Le Touriste) – que é quase uma parisiense pelo tanto que entende e ama a cidade – para escrever um mini roteirinho de 4 dias por lá. A ideia não é apenas destacar os pontos turísticos, mas mostrar um trajeto cheio de charme, para que vocês possam sentir a cidade da melhor forma possível. Afinal, Paris vai muito além de pontos turísticos e fotos, pra conhecer mesmo a cidade luz, é necessário vivê-la! E a Monica descreve isso muito bem ;)

Dica: Quer tirar maior proveito desse post e se sentir em Paris? Coloque o cd Quelqu’Un M’A Dit da Carla Bruni pra tocar!

Leia o nosso post “O Caracol de Paris” para entender o mapa da cidade, e conhecer as regiões e os mais charmosos bairros de Paris.

O imperdível de Paris – com muito charme – em 4 dias

Por Monica Barros, do Instagram: @monica.barross e blog Le Touriste

Paris é daquelas cidades em que se pode voltar cem vezes e sempre terá algo novo a visitar. E é também uma cidade que apresenta um grande desafio pra quem a tem como destino pela primeira vez: O que visitar? Como dividir o roteiro? Como se deslocar? Para tentar ajudar um poucos esses viajantes reuni aqui algumas sugestões, baseadas no que as pessoas que ainda não foram para terra da baguete costumam ter mais curiosidade em conhecer ao pisar na capital francesa.

| O Vamos completa: em breve nosso post explicando como usar o metrô de Paris estará no ar! |

Primeiro dia: Passeio pelas Ilhas e pelo Quartier Latin*

Dependendo da área aonde irá se hospedar, o ponto de partida também pode variar. Mas como Paris surgiu na Ilê de lá Cité, uma ideia legal é começar por aqui. Caso você não esteja hospedado por perto, pegue o metrô e desça em alguma das estações circuladas de vermelho. Comece o passeio pela Sainte-Chapelle, e veja, logo a seu lado, o Palais de la Justice. Admire bastante a Notre Dame, tire fotos, a visite (se quiser, suba ao seu topo para ver uma linda vista da cidade). Depois, atravesse a pequena ponte que liga as duas ilhotas para provar o famoso sorvete Berthillon.

Mapa Paris 1o dia

Clique no mapa para ampliá-lo!

Siga o tracejado do mapa. Você passará por belos cartões postais da cidade, caminhará pela margem esquerda do Sena, atravessando a Pont de la Tournelle e conhecerá o Quartier Latin. Por lá, aproveite o entorno do Panthéon, que é lindo, e caminhe pela Rue Mouffetard, que conta com um bom comércio de alimentação. Marcamos uma pequena parte dela no mapa, mas caminhe o quanto desejar. A região é mais simples, mais barata e super jovem e simpática.

*O Quartier Latin não é um bairro de Paris, é na verdade uma ampla região que engloba 5o e boa parte do 6o arrondissement. A região e conhecida pelo seu ambiente animado, universidades e muitos bistrôs.

Principais pontos do primeiro dia:

  • Église Sainte Chapelle com seus lindos vitrais
  • Palais de Justice
  • Cathédrale Notre Dame para parar e admirar um dos mais famosos cartões postais do mundo
  • Ilê Saint Louis
  • Quartier Latin 
  • Place Saint Michel, o mais famoso ponto de encontro dos parisienses
  • Sorbonne, a importante universidade de renome internacional que possui também uma bonita igreja
  • Pantheon, onde estão os restos mortais de grandes nomes da história da França

Algumas opções para almoço no Quartier Latin: Ristorante del Arte (adoro, mas é italiano! A formule – vinho + prato principal sai a 10, 12 euros -, Patisserie Paul (super conhecida) e Lapérouse (muito recomendado pelo Time Out, mais caro, nunca fui).

Para abrir a viagem com chave de ouro, a dica de jantar é o Cigale Recamier (que também é uma das opções de almoço no segundo dia | aconselhável fazer reserva) ou, pra arrasar mesmo, o Les Ombres, em frente a Torre Eiffel, no Musée Quai Branly . É de morrer!

E se sobrar um tempinho, não deixem de parar na estação de metrô Trocadero, de onde se tem a vista mais linda da Torre Eiffel!

Segundo dia: Passeio pelo 6º e 7º arrondissement

Comece o passeio pelo bairro Saint Germain de Près e caminhe, sem pressa, até o Jardim de Luxemburgo – reserve uma manhã quase inteira pra ele. Marcamos no mapa, em vermelho, opções de pontos de metrô para usarem como chegada para o passeio. O ponto de início é onde identificamos “Saint-Germain-des-Prés”.

Mapa 6o e 7o arrondissement

O tracejado azul é apenas uma referência, e fizemos um zig-zag proposital para que caminhem um pouquinho pelo bairro; mas fiquem à vontade para escolher a rota desejada e caminhar um pouco mais na rua que gostarem.. O charme de Paris está aí!

Não deixem e passar pelo Café de Flore – e claro, de comer um macaron na Ladurée.

Siga pra o Musée D’Orsay após o almoço* e prepare-se para gastar quase a tarde inteira dentro do belíssimo museu com a mais completa coleção de pintores impressionistas.

*Uma boa opção para o almoço é o restaurante Da Rosa, no 62, rue de Seine. Outras opções: Ralph, do Ralph Lauren (uma graça e bem conceituado), o Lá Cigale Recamier (delicioso, especialidade soufflés) e o famoso e tradicional Le Procope.

À noite vá direto para Torre Eiffel para vê-la iluminada e depois embarque no Bateau Mouche* (avaliação TripAdvisor) aos pés da Torre, na Pont de L’Alma, para o tradicional passeio pelo Sena. É um programa tão clichê quanto imperdível. [13,5€ por adulto o passeio ou de 100 a 150€ com jantar. Veja aqui horários de saída]

Bateaux map

Rota do Bateau Mouche | Fonte: http://www.bateaux-mouches.fr/

Bateau-mouche é um tipo de embarcação que navega pelo sena como plataforma de visita turística. O convés superior é aberto ou possui cobertura transparente, de forma que os passageiros possam apreciar a paisagem.

Principais pontos:

  • Jardin du Luxembourg, o mais famoso parque da cidade
  • Bairro Saint Germain de Près.
  • Musée D’Orsay
  • Torre Eiffel

Terceiro dia: Hora de explorar o lado direito do rio Sena

Comece o dia pelo Musée du Louvre onde certamente é preciso passar uma manhã. Nem uma vida inteira é suficiente para desvendar esse museu. Mas vamos com calma nessa primeira visita!

Na saída do Louvre, passeie pelos Jardin des Tuileries admirando a bela paisagem e esculturas. Logo ali, à direita, tome o melhor chocolate quente no Angelina, mas prepare-se para encontrar essa pâtisserie cheia (aguente firme! Vale a pena). O local também é um restaurante, então o almoço pode ser ali mesmo.

mapa dia 3

Volte para as Tuileries e o caminho o levará direto à Place de la Concorde, de onde já se pode avistar a Champs Elysées. Dê uma escapada até o Grand Palais no lado esquerdo da avenida antes de percorrê-la, e aproveite para fotografar a mais bela ponte de Paris, a Alexandre III (não é necessário atravessá-la).

No fim da avenida mais famosa do mundo, suba no topo do Arco do Triunfo para ver o sol se pôr.

À noite vá até o Palais Garnier ver esse belíssimo prédio iluminado.

Principais pontos:

  • Musée du Louvre,
  • Jardin des Tuileries
  • Place de la Concorde
  • Grand Palais e a ponte Alexandre III
  • Arco do Triunfo
  • Palais Garnier (a notória Ópera de Paris) 

Quarto dia: Dedicado a dois bairros específicos, o mais boêmio e o mais descolado

Visite o bairro Montmartre! Como já dizia a Lina do Conexão ParisA região de Montmartre, imortalizada pelo filme da Amélie Poulain, que fica ao norte de Paris, no bairro 18, é uma das regiões mais bucólicas e charmosas da cidade por causa de suas ruazinhas arborizadas, seus pintores de rua, seus cafés e cabarés. Além disso, como fica no alto de uma colina, oferece uma das mais lindas vistas da cidade”.  

Desça e passeie pela área de Pigalle para ver o famoso cabaré Moulin Rouge, localizado no boulevard de Clichy. Se for de metrô, desça na estação Blanche. A rue Lepic, à direita, oferece várias opções de comidinhas típicas de paris. Siga para a rue des Abbesses, chegue na praça des Abbesses, nela você verá o Muro do Eu Te Amo (Le Mur des Je t’Aime): uma parede onde a frase Eu te Amo está escrita em mais de 300 idiomas.

Continue caminhando na Abbesses e em seguida pegue a rua d’ Orsel e vire na rue des Trois Frères à esquerda. Na esquina da Rue des Trois Frères e da Rue Tardieu, você vai ver as escadarias para chegar até a lindíssima Basilique du Sacré Couer*, no topo da colina, de onde se tem uma vista geral da cidade. Logo depois, vá a Place du Tertre para ver os pintores expondo seus trabalhos na rua.

*O acesso até a igreja pode ser feito por escadas ou se preferir, de funicular. Desça nas estações Anvers ou Abbesses e depois pegue o Funiculare. Para portadores de necessidades especiais, existe um elevador Rue du Chevalier de la Barre, 35.

Roteiro dia 4

Pegue o metrô e siga para o bairro do Marais e vá direto para o moderninho Centro Cultural Georges Pompidou, ou Beaubourg, como é chamado pelos franceses. Faça uma paradinha rápida para comer um fallafel, comidinha típica desse bairro.

Procure a bela Place des Vosges e se encante com a perfeita simetria da primeira praça de Paris, que se chamava Place Royal. No fim da tarde poderá aproveitar para comer o crepe mais apreciado da região no Breizh Café.

Passe também em frente ao Hotel de Ville, a prefeitura da cidade, para admirar a arquitetura, ver alguma exposição gratuita no interior ou se divertir com alguma instalação, ou quadra de esportes, ou qualquer outra invenção que estará acontecendo em frente a esse prédio.

Se puder, feche a tarde assistindo ao sol se pôr da Pont des Arts e esse passeio de estreia em Paris estará completo.

Principais Pontos:

  • Basilique du Sacré Couer
  • O Bairro Montmartre
  • O cabaré Moulin Rouge
  • Pompidou
  • Hotel de Ville
  • Pont des Arts

Claro que no meio do caminho de tudo isso muitas outras atrações aparecerão para deixar os visitantes inebriados com a quantidade de coisas para ver e fazer. Mas com esse roteiro básico é possível ir visitando os principais pontos e ter uma ideia geral do que é Paris.

É fácil perceber que muita coisa dá para se fazer à pé. E para quem não quiser se aventurar de primeira no metrô da cidade, o excelente ônibus turístico hop on hop off da City Discovery passa por todos esses atrativos da cidade (e vários outros) e deixa praticamente na porta de cada um deles. Após visitar cada atração, basta subir no ônibus novamente e seguir até a próxima parada do tour. O passe pode ser adquirido para 1 ou 2 dias e custa a partir de 32€.

No mais, é ir descobrindo os bairros e ruas que mais chamam a atenção e decidir onde ficar por mais tempo, o que explorar com mais calma e até mesmo onde deseja voltar.

Essa é a graça, voltar muitas e muitas vezes para continuar desvendando essa cidade que faz jus a fama que tem!

MonicaJá é a segunda contribuição da Monica Barros aqui pro Vamos, e dessa vez ela veio falar do cantinho que mais entende nesse mundo: Paris. Completamente apaixonada pela cidade, Monica a visita sempre que pode. A França é apenas um dos países que ela carrega na listinha enorme de lugares incríveis já visitados pelo mundo.

Gostou do texto da Monica? Ela também compartilhou com a gente dicas sobre a Grécia, não deixe de conferir!

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!
  1. Christian 27/08/2017

    Esse roteiro pode ser feito no inverno, da para caminhar bastante, pois vi que escurece cedo.

  2. raquel 04/04/2017

    Amei o roteiro! Parabéns!

  3. Beth 22/02/2017

    Pode fazer um roteiro prático para quatro dias inteiros em Londres?

    Preciso muito!!!

    Obrigada!!!

    Beth

  4. Beth 22/02/2017

    Gostaria de incluir Versailles. Em que dia sugere em seu roteiro?

    Adorei! Parabéns!!!
    Quero um roteiro de 4 dias para Londres!!!

    Pode ser?

    Obrigada
    Beth

  5. Beth 22/02/2017

    Adorei e queria incluir Versailles. pode ser? Poderia incuir em que dia? Que orienta?

    Adorei as dicas!!!!
    Obrigada!
    Beth

  6. Tiago Furtado 15/02/2017

    Olá Mónica,
    Excelente ajuda que me deu, na minha ida a Paris, durante estes últimos quatro dias. Cidade Linda! Deu para optimizar o tempo, através do seu itinerário. Bom trabalho;-)
    Um bem haja:-)

  7. Vander Eduardo 02/02/2017

    Bom dia. O link de paris sobre “O caracol de Paris: entenda o mapa da cidade e a organização dos arrondissements.” está fora do ar.
    Tem como arrumar?

    Obrigado.

    • Raquel Furtado respondeu Vander Eduardo 03/02/2017

      Oi Vander, tudo bem? Tenta de novo, por favor :-) Aqui está funcionando bem!

  8. Cristiane Morales 23/09/2016

    boa noite ,

    gostaria de comprar o barco cruzeiro para o dia 31/12 , é seguro comprar pelo site ? estaamos em 6 pessoas , chegamos em Paris dia 29/12 a tarde .

    Grata
    Cristiane

  9. Rafael 21/09/2016

    Olá! super legal.
    vou seguir seu roteiro

  10. Tássia 16/09/2016

    Primeiro, parabéns Monica pelo texto maravilhoso! Me ajudou muito. Vou à Paris sozinha agora em Outubro e ficarei 4 dias inteiros. Chego às 20h vindo de Londres e já estou pensando em conhecer pelo menos Moulin Rouge e Sacre Couer no mesmo dia pois é perto do meu Hostel. Você acha que dá? Pretendo seguir esse roteiro que você indicou, mas gostaria de visitar o Palácio de Versailles também. Você acha que dá pra incluí-lo neste roteiro?
    Obrigada.

  11. Alan 13/09/2016

    Muito bom.

  12. HELENA 24/05/2016

    Acabamos de voltar de Paris e estamos muito felizes por ter levado os seus mapas e roteiro. Chegamos em Paris na sexta-feira as 6 da tarde e ja comecamos a caminhada, enquanto tinha luz do sol para aproveitar o maximo. Ficamos na Regiao Opera e dali comecamos nossas caminhadas. Fizemos todos os seus trajetos de 4 dias com algumas desviadas de etinerario. Claro que nao entramos no Luvre, galerias e museus, se nao nao consegueriamos ver tudo e sentir um pouco a cidade. Entramos em Notre-Dame, Sacre-Coeur, passeamos por Montmartre e comemos um docinho, subimos no nopo do Arc de Triomphe (ja no final da tarde), submos ate o 2o. andar da Torre Eiffel e por ultimo visitamos o Palacio Garnier ( Casa de Opera). Assim ficou o gostinho de quero mais. Voltaremos para explorar melhor, pois agora ja sabemos como funciona a cidade e exploraremos um pouco fora da cidade. Brigadao, valeu.

  13. Vinícius luz 22/05/2016

    Vou seguir o roteiro pois achei muito bom, só gostaria de visitar o palácio de Versalles alguma dica de onde consigo encaixar essa ” viagem ” rsrsrs
    Estou indo agora dia 16 de Junho.

  14. Michelle 30/04/2016

    Como sabemos em que area uma atracao esta? Quero ir para Roland Garros e como fico de sab a qua em paris eu ia usar o T+.

    • Raquel Furtado respondeu Michelle 01/05/2016

      Oi Michelle tudo bem?
      O Roland Garros é praticamente fora do principal caracol de Paris. Fica próximo ao 16, se não me engano!

  15. diana 15/03/2016

    voces ja usaram París pass?
    recomenda comprar?

    as entradas para museos e a torre eifell pode comprar por Internet para não fazer fila

  16. Carolina Machado 23/07/2015

    Amei! Já fui algumas vezes a paris, mas não me canso de ler roteiros, pq para cada pessoa, existe um cantinho interessante!!!

  17. Armando Moniz Jr. 14/07/2015

    Oi Monica
    Muito bom os roteiros. Gostaria de incluir Versailles. Você acredita que seria possível adiciona-lo a algum dos roteiros sugeridos?
    Obrigado.

  18. Rose Galvao 26/01/2015

    Como sou fã do seu blog, gostaria de deixar um alerta para as pesoas que vão assistir o show no Moulin Rouge. Compramos o ingresso antecipadamente na bilheteria do teatro e chegamos ao show con 45 min de antecedencia. Na entrada, o gerente dizia nao entender minha lingua nem o ingles, qdo perguntei onde eu , meu esposo e filho sentaríamos. Fomos levados por um garção até o 2o nivel na ultima mesa, onde só um de nós tres tinhamos uma visão parcial do show. O. Garção tb fazia que não nos entendia; foi então quando meu marido voltou à gerencia e quis devolver os ingressos. Todos nos entenderam nesta hora, inclusive em portugues, e nos deram a última fileira, mas no centro do teatro. Fomos tratados com desinteresse, e menosprezo, e uma total falta de cortesia.Meu filho aniversariou nesta semana e o show fazia parte das comemorações, embora eu e meu esposo já tivéssemos assistido o show em outra ocasião. Vale ressaltar que , no ato da compra, não nos foi oferecido nenhuma opção de escolha, tanto que chegamos com boa antecedencia. Os grupos tomam a atenção dos garçãos e sao privilegiados, mas afinal gastamos E$366 o que é um valor bem consideravel, até para um parisiense.

  19. Lily Pestana 27/08/2014

    Moniquinha, você arrasou!
    Amei o texto… viajei a Paris com cada palavra e foto! Simplesmente, espetacular!
    Já fui 2x e acho pouco… Paris merece muito mais! Como você disse, a graça é essa… ir com desejo de voltar sempre!
    Parabéns!
    Beijinhos,
    Lily
    http://www.blogapaixonadosporviagens.com.br

  20. Tathiana 25/08/2014

    ola! Adorei suas dicas!!!! vc me sugere algum hotel com preco bom e localidade?!

    muito obrigada pelas dicas
    Tathiana

  21. Artur Ramalho 21/08/2014

    Otimo post Monica! Essas dicas vao ser muito úteis! Raquel valeu por ter respondido aquele dia no insta, essas dicas de Paris estao ajudando demais!

  22. @Loucos por viagem 20/08/2014

    So agora consegui ler com calma! Muito bom Moniquete! No que diz respeito a Paris, vc eh especialista! Podemos seguir as dicas de olhos fechados!!! Bjs

  23. Eliza 19/08/2014

    Adorei o roteiro!! Muito bom!!!!

  24. Thais 19/08/2014

    Adorei! Vou imprimir e segui-lo a risca. Rsrs. Bjs.