185
roteiros
124
cidades

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além de Miami, Disney e NY – Parte 01

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Sardenha: o paraíso!

A Sardenha é uma ilha – mais precisamente um verdadeiro paraíso – localizada no Mediterrâneo a oeste da Itália, país a qual pertence. Ela não...

Montanhas Rochosas

O VamosPraOnde partiu rumo às Montanhas Rochosas Canadenses para explorar cenários que fogem do comum. Queríamos ir além das dicas de revistas, além do turismo padrão, além da multidão. E conseguimos!

Preparativos para ir à Austrália

26 de Outubro de 2015
0 comentários 3.984 visualizações

A Austrália é um país que atrai milhares de brasileiros todos os anos. O país tem semelhanças super notáveis com o nosso: praias lindas, clima extremamente parecido devido a posição geográfica e povo animado, simpático e falante. Somado a todas as nossas boas qualidades, a Austrália ainda funciona perfeitamente bem!

Não quero diminuir o nosso país, mas muitos dizem que a Austrália é realmente um “Brasil que deu certo”. E faz sentido. A qualidade de vida no país dos cangurus é invejável – a educação é ótima, a desigualdade social é quase inexistente e a segurança é um exemplo a ser seguido pelo mundo todo. Além disso tudo, o país ainda é maravilhoso, e possui paisagens de nos deixar de queixo caído!

Se interessou, né?

Mas então, como se preparar para ir a Austrália?

O primeiro ponto é o visto – brasileiro precisa de visto para visitar o país.

Visto

O visto australiano é bem detalhado e chatinho. Eles podem nos pedir um milhão de informações: até extrato bancário traduzido e carta justificando a viagem, pra vocês terem noção. Claro que essas informações são complementares – existem casos que tais documentos são solicitados e outros em que não são, mas a chance é grande.
Você pode ver a lista atualizada da documentação necessária para o visto de turismo nesse site da embaixada australiana.
Dessa vez, para não ter erro – e como estávamos com um tempo curto, recorremos a uma assessoria de visto. Adoramos a experiência – é um investimento, claro, mas a comodidade é sem igual!
Entramos em contato com a Global Visa (que foi uma super parceira dessa viagem) e eles nos auxiliaram maravilhosamente bem.
Global Visa – Assessoria em visto 
Global Visa Assessoria em Visto
A Global Visa é uma empresa de assessoria de visto para diversos países, dentre eles, a Austrália.
Eles oferecem variados tipos de serviços, que vão de acordo com sua necessidade. Tem um plano de assessoria que até reembolsa sua passagem, por exemplo, caso você não tenha sucesso em conseguir o visto.
O sistema é todo online (o primeiro do Brasil) e em português . Através da plataforma da Global Visa, você preenche os formulários necessários para o visto (já traduzidos e super explicados), envia seus documentos solicitados e acompanha todo o processo.
O funcionário responsável pelo seu processo também entra em contato contigo por email e pode até ficar disponível no skype ou no chat online da empresa para te auxiliar no que for preciso. A eficiência deles é nota mil! Não à toa, são considerados a melhor assessoria de visto do país.
Rapidinho minhas informações e documentos já estavam no sistema. Não precisei me preocupar em traduzir nada. Não demorou muito, eu já estava com o visto em mãos.
Solicitando o visto por conta própria
Caso você opte por solicitar o visto por conta própria, acesse o site oficial do departamento de imigração da Austrália e identifique o tipo de visto que você precisa.
Se você vai ao país a turismo, o visto a ser solicitado é o de subclasse 600. A taxa é de 135 dólares australianos.
Visto de visita australiano subclasse 600
Você deverá preencher um formulário e escanear seus documentos solicitados.

Vacina de Febre Amarela

Para entrar na Austrália, você precisa tomar a vacina de febre amarela e tirar o certificado internacional.
No Rio, fizemos isso no posto da Gávea. Foi bem rápido – mas é importante lembrar que você precisa fazer um cadastro virtual antes, para agilizar o processo. Faça o cadastro no site da Anvisa. Clique em “Cadastrar Novo”.
Anexe o certificado ao seu passaporte para não ter erro na hora da imigração. Eles conferem mesmo!
Carteira de Vacina Internacional
A vacina vale por 10 anos. Não se esqueça que ela precisa ser tomada com 10 dias de antecedência à viagem para ter validade
Veja aqui a lista dos centros que emitem certificado de vacinação internacional em todo o Brasil.

Imigração

Já fomos duas vezes para a Austrália e em ambas a imigração foi bem tranquila. A polícia australiana inclusive se mostrou bem simpática dessa vez – dando até dicas da cidade em que ficaríamos hospedados na chegada.
Mas, como isso pode variar bastante, sugerimos que você leve sempre consigo – para qualquer país que viaje – uma pastinha com dados das reservas dos seus hotéis e da sua passagem de volta. Não custa nada se prevenir e ter informações para comprovar o que falar.
Nos comentários de nossa conta nos instagram, houve relatos de pessoas que tiveram alguns probleminhas na imigração – mas nada que uma documentação em mãos comprovando as informações da sua viagem não resolva.

Carteira de Motorista

A Austrália é um ótimo país para uma road trip. Dito isso, alugar um carro por lá é super viável e indicado. Mas é importante se atentar: a direção por lá é super diferente – a mão é inglesa.

Só a sua CNH não é suficiente. Leve uma tradução juramentada – a Global Visa também faz esse serviço – ou a carteira de motorista internacional.

Cia Aérea e Tempo de vôo

A viagem do Brasil para a Austrália é longa – beeeem longa! Nós voamos de Tam / Lan e fizemos a rota: Rio – Santiago – Auckland (NZ) – Sydney.
É possível voar de Qantas também – eles oferecem vôo direto Santiago – Sydney. Esse vôo dura aproximadamente 14 horas.
Outras opções incluem voar pelos Estados Unidos, Europa ou Ásia – o que aumenta o tempo de vôo mas te permite incluir mais destinos no roteiro!
Comprando a sua passagem
Temos um post sobre o Google Flights aqui no blog – o sistema que usamos para buscar passagens aéreas com preços mais atraentes!
Com tudo pronto, é só arrumar as malas e boa viagem!
a gente nos 12 apóstolos
Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!