Vamos Pra Onde?

/

4 viagens incríveis que você deveria fazer um dia

Quel Furtado escreve no vamospraonde

Nesse texto, divido com vocês 4 viagens incríveis para se fazer antes de morrer. Claro que cada um tem seu estilo, suas preferências e gostos específicos – e é difícil generalizar e recomendar as mesmas viagens pra todo mundo. Entretanto, acredito que inclui, nessa seleção, experiências que são importantes pra gente. Experiências que nos tiram da zona de conforto, que nos mostram a grandiosidade da natureza (e o quanto somos realmente pequenos nesse mundo) e experiências que nos ajudam, de uma forma ou outra, a levar a vida menos a sério (de um jeito bom – vivendo com mais leveza).

Dá uma lida, considere as opções. Se precisar, faz um ajuste aqui e outro ali. Mas se permita caminhar, acampar, observar e simplesmente viver o que eu te proponho. Vai por mim, você vai me agradecer depois!

4 viagens incríveis para se fazer antes de morrer

Todas as opções que incluí aqui eu vivenciei pessoalmente. Todas foram inesquecíveis. Foi muito fácil selecionar essas 4 para esse texto. Espero que vocês consigam perceber o porque :)!

1. Fazer uma Roadtrip pelo Arizona e Utah, nos Estados Unidos 

Acampamento, trilhas, fogueira, horas conversando dentro do carro, céu estrelado e paisagens que parecem de outro planeta. O contato com a natureza nessa viagem é único – e as reflexões e experiências que ele proporciona nos faz evoluir bastante. Fiz essa viagem pelos desertos do Oeste dos Estados Unidos em 2017, mas parece que foi ontem. Uma lembrança que vai ficar pra sempre na minha memória. Ainda me pergunto se estava viajando pelo nosso planeta mesmo… Cada paisagem que, juro, parecia irreal.

Bom, tudo bem se você precisar fazer algumas adaptações no roteiro por disponibilidade de tempo, por gostos pessoais ou mesmo por disponibilidade financeira. Mas não deixe de acampar em um parque nacional pelo menos uma vez. Não deixe de fazer uma trilha mais desafiadora. Não deixe de ver o céu, um nascer do sol e um por do sol.

Vá com pouca mala, leve o mínimo possível e veja como a gente não precisa de muito pra ser feliz demais. Porque esse vai ser o seu sentimento durante essa viagem: FELICIDADE.

 

2.Ver a Aurora Boreal

Ver a Aurora Boreal tomando conta do céu é uma daquelas experiências que vou levar comigo pra sempre. Só vivendo isso ao vivo pra entender a emoção que é ver aquelas luzes se mexendo no céu – como se estivessem mesmo dançando. O verde vira rosa, que vira roxo, que volta a ser verde e não para de mexer, e dançar, e aparecer e sumir. É de emocionar!

Tive a oportunidade de ver a Aurora Boreal em Tromso, na Noruega. A viagem aconteceu em janeiro/2018.

fotografar a aurora com pessoas

Toda essa experiência foi mágica. Não apenas ver a Aurora, mas também estar em um país nórdico em uma época em que o sol não aparece no horizonte. Incrível. Quanta coisa a gente aprende ao viver experiências diferentes das que estamos acostumados né. Me conte depois o que você passou a dar mais valor depois ter tido essa vivência.

 

3.Viajar de Motor Home pela costa da Australia 

Que delícia que é viajar e levar a casa junto. Que experiência mágica ter a liberdade de ir parando pra dormir onde quiser, a liberdade de viajar sem roteiro totalmente definido. Que experiência mágica dividir uma casa na estrada com mais pessoas – sejam elas amigos/namorado(a) ou família.

Leia mais: compartilho nesse link como é viajar de MotorHome.

A gente evolui muito convivendo 24h com outras pessoas enquanto passa por algumas situações desafiadoras. E também tem – sem dúvidas – a felicidade multiplicada ao compartilhar momentos incríveis. Faça uma viagem assim, com mais gente, pelo menos uma vez na vida! Mas escolha bem as suas companhias, tá? ;-)

Um roteiro que recomendo muito é explorar, de Motorhome, a costa leste da Austrália. Dá uma lidinha no nosso material sobre o país.

4. Nadar nas águas de Fiji e conhecer a cultura local

Fiji. Sério! Que país é esse, gente. Confesso que não dava muito por ele até chegar lá. Uma população simpaticíssima, que envolve música em tudo, que dança, que sorri que te recebe como se já te conhecesse.

Conheçam Fiji um dia. Vai por mim, você não vai se arrepender. O país reserva opções chiquérrímas e caríssimas, claro, mas também outras super acessíveis e tão maravilhosas quanto. Talvez até mais.

Não vejo a hora de voltar <3!

 

Deixe o seu comentário

Post Anterior
Dicas de Interlaken (Suíça): o que fazer e ver nessa linda região
Próximo Post
O que fazer em Verbier, Suíça: Dicas dos Alpes Suíços