4 viagens incríveis que você deveria fazer um dia

Ver o sol nascendo no Utah, nadar nas águas de Fiji, se emocionar com a Aurora Boreal e viajar de Motor Home pela costa da Austrália. Alem da beleza, essas viagens têm ainda um quê de especial.

Roteiro de Inverno na Suíça: a rota ideal para uma viagem perfeita

Se você está pensando em fazer uma viagem para aproveitar o inverno na Suíça, você encontrou o artigo certo.

Como chegar e o que fazer em St Gallen, Suíça

Em janeiro de 2019 fiz uma viagem deliciosa de quase um mês pela Suíça. Dentre as cidades que visitei está St Gallen. Não entendo porque ela ainda não ficou famosa entre os brasileiros.

Rota Romântica na Alemanha: Tudo o que você precisa saber

Guia Completo: Rota Romântica na Alemanha Fundada em 1950 como um projeto turístico, a Roma Romântica é um percurso de 460km que passa por charmosos vilarejos alemães. Ela vai...

Meus 7 dias em Tromso + Aurora Boreal!

Nem acredito que realizei esse sonho: ver a Aurora Boreal <3! Foi tudo ainda mais mágico do que eu esperava. Quem acompanhou os posts e os stories no nosso Instagram durante essa minha viagem para Tromso em janeiro/2018...

Dicas de Park City: o que fazer, onde dormir e onde comer

28 de dezembro de 2019
0 comentários 340 visualizações
escrito por Raquel Furtado

Dicas de Park City, Utah

O maior ski resort dos Estados Unidos se encontra nessa pequena (e encantadora) cidade histórica chamada Park City. Localizada em um estado infelizmente pouco conhecido por brasileiros – o Utah – Park City guarda uma beleza única. Não só Park City, na verdade, mas toda a região. Em 2017, fiz viagem linda pelo oeste dos EUA na primavera e me apaixonei. Você pode ler sobre essa e minhas outras viagens pelo país no meu artigo com dicas dos Estados Unidos. Já nesse texto aqui, divido com vocês minhas dicas de Park City: o que fazer na cidade, onde dormir, os melhores bares e restaurantes, etc.

Bom, como uma boa amante de esportes de inverno, eu já queria conhecer Park City e suas tão famosas montanhas há um tempo. A qualidade da neve e das pistas me atraía muito –  e ainda as casinhas coloridas da Main Street, que remetem àquele clima de velho oeste tão comum no Utah. Olha só que charme:

dicas park city Main Street

Park City tem uma história super interessante – e vocês que já me conhecem bem, sabem que eu adoro compartilhar o que aprendo sobre os destinos que visito, né?! Então nesse texto você vai ler sobre:

  • Park City
  • Curiosidades e História de Park City
  • Montanhas (ski resorts)
  • Como chegar em Park City
  • Como se locomover
  • Onde dormir em Park City
  • O que fazer em Park City
  • Dicas de Park City: melhores bares e restaurantes
  • Dicas de ParkCity: o que levar na mala

ECONOMIZE: Ganhe 20% de desconto no Seguro Viagem com o cupom NATAL nesse link.

dicas

Guia Completo: Park City

park city indicada no mapa

Park City está localizada no Utah, na parte oeste dos Estados Unidos. O aeroporto mais próximo se encontra na capital do estado, Salt Lake City, a apenas 40 minutos de distância. Fiz o transporte até meu apartamento alugado (me hospedei com The Park City Lodging) com a empresa The Driver Provider.

A cidade se encontra a 2.134 metros de altitude, o que é excelente para amantes de esportes de inverno. Isso porque acima de 2.000 metros, normalmente, como as temperaturas são mais baixas, raramente temos chuva nos meses mais frios: ela cai como neve. Mas é importante lembrar, entretanto, da importância de se hidratar bastante e não comer nada muito pesado no primeiro dia, pelo menos. Deixe o corpo se adaptar a altitude :)!

As montanhas de Park City são seu principal atrativo. E desde 2014, quando foi comprada pelo grupo Vail Resorts, Park City Mountain virou o maior ski resort dos EUA: são mais de 340 pistas.

Clima e temperatura

No inverno, a temperatura dificilmente fica acima dos 5 graus celsius. Eu acabei enfrentando a semana mais fria do ano por lá e peguei -16 graus (com sensação térmica de -20!!). Então leve roupas apropriadas, não subestime o frio e o vento e respeite seu corpo, principalmente nas montanhas.

dicas de park city

Quanto à infraestrutura na região, não se preocupe, ela é excelente. Primeiro porque é super fácil se locomover por Park City. As duas estações de ski da cidade, Park City Mountain (que engloba Canyons) e Deer Valley, estão a apenas 10 minutos de distância uma da outra – e bem pertinho da Main Street. Segundo porque as montanhas são incríveis com muitas pistas e teleféricos. Há máquina para produzir neve quando necessário, diversos restaurantes e cafés ao longo dos ski resorts e muita sinalização. E terceiro porque não faltam opções de hospedagem, bares, restaurantes e lojinhas que oferecem tudo o que você pode precisar.

A cidade

Por fim, as construções coloridas de estilo vitoriano e os estabelecimentos históricos da Main Street dão ainda mais charme a essa cidade que, desde as Olimpíadas de 2002, atrai turistas do mundo todo…

Para ver o mapa da cidade, clique aqui. Abaixo, deixo uma imagem que ilustra a distribuição das vilas (Park City Mountain Village e Canyons Village) e montanhas.

mapa park city

 

Curiosidades e História de Park City

porque nada como chegar a um novo destino já conhecendo sua história, né?!  :)

Park City – assim como outros famosos ski resorts nos EUA como Vail e Breckenridge – foi uma área de mineração. A cidade nasceu graças a isso, na verdade, e foi apenas 100 anos depois que ela veio a se tornar um destino de ski.

A época da mineração

fotos históricas de park city em 1860

Foi por volta de 1860, quando enormes jazidas de prata foram encontradas no interior de montanhas próximas a Salt Lake City, que a área hoje conhecida como Park City apareceu no mapa. A notícia correu tão rápido que pessoas de diversas partes do mundo (principalmente da Irlanda) chegaram em busca desse metal tão precioso. Logo aquele pequeno acampamento mineiro foi se sofisticando e em 1884 Park City foi incorporada como cidade. Foram quase 50 anos de prosperidade, um período que deixou muita herança na arquitetura que vemos hoje. Infelizmente, entretanto, um incêndio tomou conta da região 14 anos depois e destruiu 200 dos 350 negócios e casas locais.

O surgimento dos ski resorts

Bom, com o passar dos anos, o interesse na prata e consequentemente o seu preço foram caindo. Residentes começaram então a mudar seu foco do tesouro das montanhas para a neve. Competidores de salto de ski foram aparecendo e a primeira área de ski foi inaugurada na cidade. Mas muitos mineradores e investidores acabaram deixando Park City, que se tornou uma cidade fantasma até 1963. Nesse ano, porém, o governo concordou em oferecer um empréstimo para investimento em ski resorts e assim o Treasure Mountain Resort – hoje o Park City Mountain Resort – foi inaugurado. Aos poucos, as estações de ski Canyon e Deer Valley também foram construídas, mas a região ainda não era muito conhecida.

fotos históricas de park city como ski resort

Park City acabou sendo colocada no mapa graças às olimpíadas de inverno de 2002. E desde então segue em constante crescimento, atraindo turistas de todas as partes do mundo – inclusive do Brasil.

Foi impressionante ver ao longo das minhas publicações na conta do blog no Instagram a quantidade de brasileiros que fizeram intercâmbio por lá, viajaram para aprender a esquiar ou ainda criaram o hábito de ir todo ano aproveitar as montanhas com um grupo de amigos.

Park City hoje

Park City se tornou uma cidade extremamente charmosa. Conseguimos ver ainda um pouco de toda essa história na arquitetura das casas da cidade e em alguns pontos das montanhas. Isso é super interessante, na verdade, porque Park City preservou mesmo seus tempos de mineração. Enquanto se esquia pela Park City Mountain, por exemplo, é possível ver várias construções desse período.

E as casinhas coloridas que tanto vemos, inclusive, são também tradição dessa época. Dizem que tinta colorida era cara na cidade, e as pessoas com melhores condições financeiras optavam por comprá-las e usá-las no exterior de suas residências para mostrar que eram mais afortunadas, hehe.

dicas de Park City no Utah


 dicas

Montanhas/ski resorts de Park City

Park City conta com 3 montanhas para a prática de esportes de inverno: Park City Mountain, Canyons e Deer Valley. As duas primeiras são conectadas entre si pela Quicksilver Gondola. Deer Valley já é um outro ski resort, mas está a apenas 10 minutinhos de carro de Park City Mountain.

Dá uma olhadinha no mapa abaixo pra ter uma ideia do tamanho das estações de ski e da proximidade entre elas. Repare também no tamanho da cidade de Park City, que é bem pequena.

estações de ski de Park City indicadas no mapa

Park City Mountain e Canyons

Minhas expectativas foram completamente superadas! Eu amei Park City Mountain de uma maneira que nem sei bem explicar. Bom, fiz essa viagem no início da temporada, na primeira semana de dezembro, e fazia 4 dias que não nevava. De toda forma, a qualidade das pistas estava ótima – e ainda era possível encontrar neve powder entre as árvores. Essa é uma enorme vantagem das montanhas de Park City, inclusive. A quantidade de pinheiros espalhados pelas montanhas, além de garantir um visual maravilhoso ainda contribui pra qualidade da neve. Se você é experiente e sabe se aventurar por um terreno assim, vai conseguir aproveitar demais. Bom, esse não é o meu caso, tá? – e eu evito mesmo passar entre as árvores esquiando – mas de qualquer forma a gente fica cercado por árvores sempre, o que é lindo demais!!

Park City Mountain é uma das estações de ski mais famosas e procuradas do mundo. Recentemente, ela se uniu a Canyons e se tornou o maior resort de esqui e snowboard dos Estados Unidos.

São mais de 29km2  de área esquiável (e 250km de pistas) que recebem cerca de 930cm de neve anualmente. A inclinação das pistas também é um enorme atraente para os mais experientes: a diferença de altitude do topo da montanha para a base são 969m.

A temporada vai normalmente de final de novembro a meados de abril.

mapa de park city mountain

Dados da montanha:

341 pistas
8% das pistas são para iniciantes
42% para intermediários (pistas azuis)
50% para avançados
7 parques que incluem 2 superpipes.
41 teleféricos, incluindo a Quicksilver Gondola
Durante a temporada, os teleféricos ficam abertos de 9:00h às 16:00h.

Veja abaixo um exemplo de preços para 4 a 6 dias de ski/snowboard em Park City Mountain. Você pode comprar seu passe no site oficial.

preço Park City Mountain

Obs: Park City Mountain agora faz parte do Epic Pass. Se você vai em uma viagem longa para os Estados Unidos durante o inverno e pretende esquiar em diferentes ski resorts, te recomendo que dê uma olhadinha nos nessa opção.

Deer Valley

Várias vezes eleito como o melhor ski resort dos EUA, Deer Valley é a outra opção para esquiadores em Park City.

Deer Valley está a apenas 20 minutos do centrinho de Park City e uma linha de ônibus grátis te leva para o local. O resort é exclusivo para esquiadores (isso mesmo, nada de snowboard por lá) e conta com 103 pistas espalhadas por seus 809 hectares.  Por ser menor que Park City Mountain, tem uma atmosfera mais exclusiva – e eu diria que é até um pouco mais chique também. Na verdade, Park City também limita o número de visitantes diários, o que garante maior conforto nas pistas e menos fila nos teleféricos.

A descida mais longa em Deer Valley tem 4.5km! Bom demais ;-)!

mapa Deer Valley ski resort

Dados da montanha:

103 pistas
27% das pistas são para iniciantes
41% para intermediários (pistas azuis)
32% para avançados
21 teleféricos
Durante a temporada, os teleféricos ficam abertos de 9:00h às 16:00h.

A temporada normalmente vai de início de dezembro a meados de abril.

Veja abaixo um exemplo de preços para 4 a 6 dias de ski/snowboard em Deer Valley. Você pode comprar seu passe no site oficial.

preço Deer Valley

É em Deer Valley que se encontra o luxuoso Stein Lodge (a partir de US$870,00 para o casal), considerado o melhor hotel de todo o Utah. Inclusive, ele ganhou dois anos seguidos como melhor hotel de ski pelo World Ski Awards. O hotel tem um spa super concorrido, com uma “massagem da casa” focada no pós-esporte.

O 5 estrelas St. Regis também fica aí e é acessado por um funicular.

Aluguel de Equipamentos de Ski e Snowboard

À convite da secretaria de turismo de Park City, conhecemos os serviços de aluguel de equipamentos da empresa Ski Butlers. O diferencial dela é que, diferente dos alugueis normais em que você precisa ir às lojas, são eles que vão ate você. Nos encontramos com um funcionário da empresa na sala do nosso apartamento. Eles já estavam com as botas, capacetes, Googles, skis, e pranchas de snowboard – tudo de acordo com as informações que passamos previamente (peso, altura e número de calçado). O kit para iniciantes custa a partir de US$51 por dia.


Como chegar em Park City

Park City está a sudeste de Salt Lake City, a capital do Utah. São apenas 40 minutinhos de carro desde o aeroporto internacional (SLC). Para ir do aeroporto ao hotel, usei o transfer privado da empresa The Driver Provider. Recomendo 100%.

mapa de Salt Lake City a park city

Não existem voos diretos do Brasil para Salt Lake City, mas é fácil chegar lá. Brasileiros precisam fazer apenas uma conexão em alguns dos hubs nos Estados Unidos como Atlanta, Dallas, Nova York ou Los Angeles e então seguir viagem rumo a Park City.

Quanto custa voar do Brasil para Park City?

Deixo abaixo uma simulação de preços e rotas de voo. Facilmente, o valor das passagens chega nos R$7.000. Mas não se assuste, como você pode ver é possível encontrar opções na casa dos R$3.000, R$4.000. Basta pesquisar. Uma dica: quem sabe você não aproveita e faz um stop over em Nova York na sua viagem?

dicas de preços de voo para Park City

Eu voei de Delta, com escala em Atlanta. Existem saídas diárias do Rio de Janeiro e São Paulo. Optei pela Delta pois fiz uma rota diferente: do Rio de Janeiro para os Estados Unidos e de lá, então, para a Suíça. A Delta oferecia a opção mais em conta.


 

Como se locomover em Park City

Para se locomover em qualquer cidade do mundo, acho super necessário ter acesso ao Waze (se você for dirigir) ou ao Google Maps. O mapa e as pesquisas de trajetos (incluindo disponibilidade de transporte público) ajudam demais. Para tanto, recomendo que você tenha internet no seu celular. No exterior, eu uso o chip da empresa ViajeConectado – a qualidade é excepcional. Compro no Brasil mesmo, online, e o recebo em casa a antes da viagem. Para os Estados Unidos, compre a opção EUA Ilimitado. O chip para uma viagem de uma semana sai por US$39.90.

Leitores do blog têm 25% desconto para compras. Use o código 2020 nesse link e aproveite!

Bom, mas vamos lá: em Park City você pode se locomover de ônibus, Uber, taxi ou carro alugado. Se você quer aproveitar e explorar um pouco mais do Utah, indo além dos limites de Park City, te recomendo alugar um carro. Fora isso, não acho que seja necessário :).

De Ônibus / Hotel Shuttle / Uber

Uma das muitas dicas de Park City é que a cidade oferece, durante o ano todo, transporte grátis através de ônibus elétricos. Com eles você consegue ir a diversos lugares, até aos ski resorts, aos outlets e ao Utah Olympic Park. Eles rodam normalmente de 6h da manhã às 23h.

Os motoristas são muito queridos e estão sempre dispostos a ajudar com informações. Os pontos estão distribuídos pelas principais ruas, incluindo, claro, a Main Street. Nela, basta fazer um sinal que o motorista para pra você.

Veja abaixo todo o percurso feito pelo ônibus grátis.

dicas park city: mapa do transporte publico

Para ir até as montanhas, você também pode optar pelo shuttle do hotel (muitos disponibilizam essa opção até Park City Mountain, Canyons e Deer Valley).

Você pode ainda optar pelo UberSki – uma solução bem comum em estações de ski que engloba carros que podem transportar seus equipamentos ;)! Dentro do próprio app da Uber você encontra essa a opção.

De Carro Alugado

A maioria das opções de hospedagem em Park City oferece estacionamento. Também não é difícil estacionar na base das montanhas ou nas ruas da cidade. Note, entretanto, que em algumas situações você precisará pagar estacionamento – e como normalmente acontece nos EUA, eles não são baratos.

Reforço que apenas recomendo que você alugue um caso queria explorar mais da região. Outros ski resorts próximos à Park City são: Alta (exclusivo para ski), SnowbirdBrighton e Solitude.

estações de ski próximas a Park City

Para o aluguel, use a RentCars para comprar preços de locadoras de confiança. Uso muito esse site para procurar e alugar carro em minhas viagens pois o pagamento já em real, sem os 6% de IOF.


O que fazer em Park City

Snowed Inn Sleigh Ride

Adorei esse passeio. Na verdade ele foi nosso jantar, mas o considero mais uma experiencia que um jantar em si. De trenos puxados por lindos cavalos, subimos parte da montanha de Park City e chegamos em um restaurante super charmoso, com musica ao vivo, lareira e decoração acolhedora.

Por lá bebemos vinho e comemos o menu de 3 etapas (sopa, prato principal que podia ser carne vermelha ou truta e sobremesa).

Sundance Festival

Um dos festivais de cinema mais importantes dos EUA, o Sundance Festival, acontece todos os anos em janeiro. Ele chega a levar mais de 40 mil pessoas a Park City durante os dez dias de festival.


 

Onde dormir em Park City

Park City tem uma excelente estrutura hoteleira e conta com diversas opções de luxo. É o caso do incrível Montage Deer Valley, do Waldorf Astoria e do premiado Stein Eriksen Lodge, que mencionamos acima. Todos são ski-in, ski-out e disponibilizam Transfer para o centro.

reserve pelos nossos links do blog

Bom, sobre a localização das opções: você pode optar por se hospedar no resort de Park City, onde temos a Canyons Village e a Park City Village, ou ainda nas montanhas. Veja no mapa abaixo o resort de Park City.

mapa de park city mountain village

 

 


Dica: melhores bares e restaurantes de Park City

Park City tem mais de 150 restaurantes e excelentes opções para quem curte uma boa gastronomia.

Old Town Cellars

Amei, amei, amei esse bar. Ele fica meio escondidinho na Main Street e parece aqueles achados especiais. Nos sentamos em um cantinho quase privado, que parece estar dentro de uma caverna. Peça ao garçom uma degustação dos vinhos próprios da casa – e não deixe de provar, também, os chocolates.

Yuta (restaurant at Lodge at Blue Sky)

O Yuta não está no centrinho de Park City, mas no Lodge at Blue Sky. Apesar da distância, recomendo muito uma visita. A comida é maravilhosa e o hotel é lindo demais.

Tupelo

Esse foi o meu restaurante preferido em Park City. O cardápio não tem erro: tudo o que você pedir vai ser delicioso!! Não deixem de conhecer.

No Name Saloon

O No Name Saloon é um bar super traditional e descolado na cidade. Ele fica super cheio à noite.


Dica: o que levar na mala

Para o frio: Roupas apropriadas para o inverno no Hemisfério Norte. Nossos casacos de couro não seguram esse frio, ok? Leve blusas e calças térmicas, blusas de lã e um casacão mais pesado para usar por cima. Leve luvas, gorro e meias grossas. O calçado também deve ser quentinho e confortável. Prefira solados de borracha para isolar o frio do chão.

Para o ski ou sowboard: Roupas impermeáveis e apropriadas para a neve. Para a prática de esportes de inverno é indispensável ter uma calça, um casacão e luvas impermeáveis. Caso não tenha essas roupas, não se preocupe. Você pode comprá-las ao chegar na viagem, no outlet de Park City (o ônibus grátis te leva até la).

Para o clima seco e o sol: Muita gente esquece de levar o protetor solar para destinos de neve, mas saiba que o sol também é bem forte por lá. Não deixe de coloca-lo na mala, ok? Leve também um ótimo hidratante para corpo, rosto e mãos, alem de um protetor labial.

 


E assim, o nosso guia chega ao fim…

Mas e aí? Você já esteve em Park City, no Utah? Se tiver alguma dica pra gente incluir por aqui, vamos adorar! Deixem seus comentários <3

fim do conteúdo do post

Para ver mais dicas e poder nos acompanhar em tempo real em nossas viagens…

Que tal seguir a gente nas redes sociais? =)
instagram tem atualizações diárias das nossas andanças pelo mundo e é nosso principal canal de interação com vocês! Nossa página no face tem fotos, dicas e links dos principais posts aqui do blog.
Ah, e não se esqueça de adicionar nosso FACILITADOR DE VIAGENS nos seus favoritos. Nele você encontra links para diversos sites que usamos no planejamento de nossas viagens (tem site de aluguel de carro, de apartamento, de identificar o melhor assento do avião, de conversão de moedas, etc.). Tudo de confiança, que funciona e a gente usa MESMO!
beijos e voa viagem, raquel Furtado, VamosPraOnde

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!