Vamos Pra Onde?

/

Étretat, na Normandia, e suas belas falésias

Étretat na Normandia

Étretat é parada obrigatória na Normandia! Com suas majestosas falésias de calcário, a cidade atrai milhares de turistas o ano inteiro. Visitar Étretat significa descobrir um lugar único e emocionante. A cidade, que já foi um vilarejo de pescadores, hoje vive exclusivamente do turismo. Ela se transformou em um refúgio para os franceses que buscam praias lindas mas sem a hiper-lotação dos grandes balneários do país.

Étretat

A cidade de Étretat – que mais se assemelha a um pequeno vilarejo, com apenas 4.07 km² – esbanja beleza com suas paisagens únicas à beira do Canal da Mancha. Os paredões rochosos em formato da arcos recebem inúmeros clicks diários e garantem aquele inegável  “UAU” dos visitantes.

Para que tipo de turista? Étretat é lugar para quem gosta de belos cenários naturais. E esta é a principal atração do local, paisagens realmente deslumbrantes.

Onde fica? Étretat está localizada na costa da Normandia – área francesa que teve suas belas praias transformadas em um campo de batalha durante a Segunda Guerra Mundial. Isso não aconteceu especificamente em Étretat, mas em outras praias bem próximas. Saiba mais no texto: As Praias do Desembarque.

Um passeio pela Normandia – parte 4: Etretat

Nossa colaboradora Fabi Gama fez uma viagem de carro maravilhosa pela Normandia. No roteiro, eles passaram por Giverny, pelo Mont Saint Michel, por Honfleur e as cidades vizinhas Deauville e Trouville-sur-mer, além de, claro, Étretat. A viagem foi iniciada em Paris.

Reservamos outro dia para explorar a bela Étretat. Seguindo desde Honfleur de carro, passamos pela famosa Pont de Normandie, uma ponte incrível sobre o rio Sena. – Fabi Gama

Entendendo Étretat

Como falamos, Étretat é famosa por suas belas falésias! Prepare-se para caminhadas com visuais de fazer o queixo cair! A região, conhecida como Côte d’Albâtre (Costa de Alabastro) tem 140 km de falésias formadas por calcário e a água do mar tem uma cor leitosa. 

Como Chegar

Fomos a Étretat de carro, à partir de Honfleur. Foram 47km, percorridos em cerca de 50 minutos.

De Paris são 215Km, cerca de 2h30 de carro, com a maior parte do percurso em autoestrada. Não há trens.

O que fazer

Caminhadas para observar a paisagem deslumbrante!! Curtir a praia! E também, quem sabem, um piquenique nas falésias!

A cidade é bem pequenina e possui alguns estacionamentos pagos. Os mais próximos do centrinho estavam lotados quando fomos, por isso paramos em um logo na entrada da cidade (dez minutos caminhando até a praia). Chegando ao centro da vila, você pode passar no Office du Tourisme e pegar um mapa com indicação das trilhas. Ou ainda, pode baixar pelo próprio site oficial.

São dois percursos para se fazer na cidade:

  • Falaise d’Amont, à direita da vila, e
  • Falaise d’Aval, à esquerda, onde a erosão cavou um arco*.

* O escritor Guy de Maupassant comparou os penhascos a um elefante molhando a tromba no mar.

etretat

A praia de Étretat é diferente do que temos no Brasil. Ela é de cascalho ao invés de areia – um pouco incômodo para ficar sentado ou deitado por muito tempo. Mas tudo bem! Vale a pena colocar um calçado de borracha e caminhar pela praia por baixo das falésias. Durante o período de maré baixa é possível entrar em grutas encravadas nos penhascos.

Nós fizemos um pouco de tudo e caminhados pelos dois percursos de trilha. Ao final do dia, o GPS do nosso celular marcou que tínhamos caminhado por 20 km!!! Então, prepare-se para a caminhada! Não esqueça água, protetor solar e de usar um tênis confortável.

Mussels e Mariscos ou um piquenique?

Entre uma caminhada e outra, almoçamos no centrinho da cidade. A região é famosa pelas mussels (mexilhões) e mariscos.

Observamos também muitas pessoas fazendo pic nic no alto das falésias! Achei um barato! Vale a pena levar um lanche com um vinho francês, claro, e fazer o seu também!

image_4

Ao longo da caminhada vimos muitos pássaros e também coelhos. Coisa mais encantadora ver os coelhinhos correndo pela grama!

 

Onde dormir em Étretat

No alto da colina, perto da falésia d’Aval, está o Hotel Dormy House. Seu restaurante fica debruçado sobre o Canal da Mancha. Nós não o conhecemos mas ouvimos boas recomendações.

fim do conteúdo do post

  • Milka
    27 de maio de 2017

    É possível visitar todas essas cidades indo e onibus ou trem ao invés de carro?

  • José Carlos Ribeiro Junior
    14 de fevereiro de 2015

    Olá

    Vou para a França no final do ano. Você sabe me informar se vale a pena visitar esse local em novembro? Já notei que não devo deixar a Normandia fora do meu roteiro, e por isso, já cogito antecipar minha viagem, se o trabalho permitir.

    Parabéns pelos posts! Curti bastante o site.

    • loucosporviagembyfabi
      José Carlos Ribeiro Junior
      19 de fevereiro de 2015

      Oi! Obrigada! Acredito que seja muito frio no final do ano… La venta muito, chove bem tb rsrs. O ideal seria de abril a outubro. Bjs, Fabi

  • Monica
    10 de agosto de 2014

    Olá!!! Bela viagem, fiquei encantada! Uma perguntinha: sei que não é o melhor a se fazer, mas é viável visitar Etretat em uma viagem no mesmo dia, a partir de Paris?

  • Brigadeiros e Barcelona
    3 de julho de 2014

    As fotos ficaram super nítidas e maravilhosas! Parabéns!
    E esses coelhinhos que eu não vi?! Depressão!
    Pelo menos eu fiz um picnic do lado da igreja :P
    Vc Comeu moules frites tb?
    BJs!!!!

    • Fabi @loucosporviagem
      Brigadeiros e Barcelona
      10 de julho de 2014

      Obrigada querida! Tb adorei seu textinho de la! Entao, sou alergica a frutos do mar… Nao comi, mas maridao se esbaldou nessa trip . Bjs

  • Monica
    11 de junho de 2014

    Que fotos! Que lindeza de lugar! E os coelhinhos pulando? Fofooooosss

    Adorei Fabi, muito lindo e muito legal esse roteiro completo pela Normandia. Nota 1000!!!!!!!!

    Bjoss

    • @loucosporviagem
      Monica
      16 de junho de 2014

      obrigada Moniquete!!! vc ia amar fazer esse roteiro junto com a Bretanha!!! bjs

  • Fabi @loucosporviagem
    11 de junho de 2014

    Ai… eu amei esse lugar!!! ficou lindo! bjs

Deixe o seu comentário

Post Anterior
Deauville e Trouville-sur-mer
Próximo Post
Hospedagem em Zermatt: Schlosshotel