185
roteiros
124
cidades

Meus 7 dias em Tromso + Aurora Boreal!

Nem acredito que realizei esse sonho: ver a Aurora Boreal <3! Foi tudo ainda mais mágico do que eu esperava. Quem acompanhou os posts e os stories no nosso Instagram durante essa minha viagem para Tromso em janeiro/2018...

Como chegar à Machu Picchu

Machu Picchu é um destino maravilhoso! Recomendamos muito que você reserve um espacinho na sua agenda para conhecer esse lugar especial. Machu Picchu representa...

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além da Flórida e NY: Explorando o Oeste

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Tudo sobre Klein Curaçao

12 de Março de 2018
2 comentários 8644 visualizações
escrito por Daniel Gjorup

Curaçao é famoso por suas águas cristalinas, praias lindas e hospitalidade nata. Somos apaixonados por esse pedacinho de terra no Caribe e agora, ao retornamos em 2018, tivemos a oportunidade de conhecer Klein Curaçao.

Klein Curaçao não podia ser diferente. Apesar de pequena, essa ilha é gigante em sua beleza. Água azul turquesa, praia virgem, natureza exuberante! Chegar no paraíso, contudo, não é tão fácil assim: é necessário encarar uma pequena travessia de barco por aproximadamente 2hs ou um vôo de helicóptero.

Para saber mais sobre Curaçao, acesse nossos posts:

Nosso dia em Klein Curaçao

Fomos convidados pela empresa BlueFinn Charter para conhecer Klein Curaçao. Saímos cedo do Papagaio Beach Hotel (parte do completo do Papagayo Beach Resort) para embarcarmos.

 

A empresa é referência nesse passeio e não é por menos. O tour foi impecável!

A bordo do catamarã Black and White, levamos duas horas de navegação até chegar em Klein Curaçao.

Quando começamos a navegar admito que achei fiquei meio receoso com o passeio. Demorar muito para chegar em uma praia específica tendo tantas outras muito mais acessíveis em Curaçao não parecia fazer tanto sentido. Mas chegando lá, eu entendi muito bem o motivo da fama desse pedacinho de terra – e confesso que encararia até o dobro do tempo para chegar lá.

Pra minha surpresa, também, a navegação foi bem divertida. Eu e minha namorada tivemos tempo de tomar uns drinks, pegar um sol e curtir o tempo juntos, apreciando aquela paisagem de tirar o fôlego.

Enjoo? Ondas grandes no trajeto? Mar bravo?

Tivemos sorte! Os tripulantes me contaram que ondas de 3 metros não são raras, mas que o dia estava bem calmo. Mesmo assim, o barco balançou bastante e a galera que estava na proa do barco, em cima da rede se molhou um pouco (eu! rs). Mas lugares mais protegidos do mar também são possíveis, se você preferir.

Ninguém enjoou no passeio, mas sei que algumas vezes isso acontece.

A chegada em Klein Curaçao

Chegando na ilha ficamos impressionados de cara. O contraste do azul da água e a ilha ao fundo formam uma paisagem de outro mundo.

a ilha klein curaçao

farol-klein-curaçao

Caminhamos um pouco pela pequena ilha, visitamos o que sobrou de um farol abandonado e de um navio encalhado e depois ficamos relaxando na areia mesmo, curtindo a paz daquele lugar.

Pouco tempo depois foi servido um almoço a bordo: churrasco com opção de salada de macarrão e pão. Quem não come carne daria uma tapeada com a salada, mas indico levar mais alguma coisinha extra pra comer ou avisar a empresa com antecedência sobre as suas restrições alimentares.

As bebidas são servidas o tempo inteiro e já está tudo incluído no passeio (bebidas alcóolicas também).

Fui informado que esse é o maior catamarã que faz esse passeio, isso deve ser bastante levado em consideração na hora da escolha da empresa. Quanto maior o barco, mais confortável a navegação.

Importante saber:

  • O mar pode ficar bem revolto, normalmente tem gente que enjoa. Veja com seu médico algum remédio caso você costume enjoar.
  • O passeio dura o dia inteiro – o catamarã nos pegou em Papagayo Beach às 08:00h e nós retornamos às 17:00h.
  • Existem saídas toda segunda, terça, quinta e sábado.
  • Levar protetor solar, roupa de banho e chinelos
  • Snorkel é disponibilizado a bordo.
  • Levar Gopro ou uma outra câmera à prova d’água (as tartarugas são comuns na ilha e chegam muito perto, as fotos ficam incríveis).
  • Não viaje sem um seguro viagem!! Você pode cotar o seu no site SegurosPromo. temos um copo de 5% de desconto para nossos leitores. É só usar o código VAMOSPRAONDE5

Mergulho em Klein Curaçao

Existem dois pontos de mergulhos em Klein Curaçao. Nós não mergulhamos lá mas certamente é possível levar o equipamento no catamarã.

Valores

O passeio custou 109 dólares americanos por pessoa. O preço faz jus ao serviço e principalmente à experiência oferecida.

linha para dividir posts

O VamosPraOnde realizou esse passeio em parceria com o CTB – Curaçao Tourism Board. Não compartilhamos no blog nada que não tenhamos experimentado e aprovado.

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!

  1. Leonardo 08/08/2018

    Débora,
    Acredito que sim, você pode ir e levar a cadeira também pois o catamarã possui um pequeno bote para levar mochilas e equipamentos que não podem molhar até a praia da ilha de Klein Curaçao. Assim as pessoas que não nadam ou não querem nadar até a praia à partir do Catamarã são transportadas também nesse bote. E tem um detalhe, a tripulação da Bluefinn Charters é muito atenciosa, já fiz esse passeio 3 vezes e sempre gostei muito.
    Espero ter ajudado. Boa viagem!

  2. Deborah 03/06/2018

    Olá, Daniel. Tudo bem? Muito legal seu post e com dicas valiosas. Valeu!
    Eu queria tirar uma dúvida: vc acha possível um cadeirante fazer esse passeio? Eu perguntei pra equipe da BlueFinn Carter e eles me disseram que sim, mas estou na dúvida sobre o momento de entrada na embarcação. Eu sou cadeirante e vou com meu marido para Curaçao em Agosto/18. Pela sua vivência lá, vc acha que é possível meu marido entrar na embarcação comigo no colo? Se der, aí levamos a cadeira de rodas junto para eu me locomover na ilha… Enfim, queria essa dica sobre a entrada no catamarã. Obrigada e um abraço ;-)