Vamos Pra Onde?

/

O que fazer em Zermatt no inverno

Suíça
Vista do Matterhorn, uma dica do que fazer em Zermatt

É verdade, vale a pena conhecer Zermatt, na Suíça, em qualquer das estações. Mas hoje trago pra vocês dicas do que fazer em Zermatt no inverno, quando a cidade está toda branquinha de neve e a temporada de ski está a mil. Queira você praticar esportes de inverno ou não, Zermatt é um destino incrível! E aqui te conto o porquê:

O que é que Zermatt tem…?

Zermatt é uma das cidades mais famosas e mais queridinhas da Suíça – e não é a toa. Além de ser aquela típica e super charmosa vila alpina que parece de contos de fadas, Zermatt ainda conta com uma das montanhas mais admiradas do país. Pois é: o Matterhorn se tornou mundialmente conhecido por causa dos chocolates Toblerone (reconheceu a montanha da foto de capa do post?)

Toblerone

Mas sua beleza é tão impressionante e seu formato tão único, que até quem nunca ouviu da falar dela ou nunca a associou aos chocolates, quando a vê pela primeira vez fica completamente encantado.

Praticamente de todo lugar de Zermatt você avista o Matterhorn. Inclusive, vários hotéis têm quartos com vista pra ela (um mega plus na escolha da sua acomodação). Eu me hospedei no La Ginabelle Resort e tive a sorte de pegar um quarto-apartamento maravilhoso com uma vista super incrível das janelas da sala. Me lembro que quando cheguei no apartamento e dei de cara com o Matterhorn até me emocionei hehe. Eu sonhava muito com esse momento (que parece bobo, eu sei, mas queria muuuito ter essa vista). Eu já havia ido a Zermatt no inverno em outra oportunidade, mas a nuvens não me deixaram apreciar esse cartão postal. Tudo bem, dessa vez deu certo :)

…. e o que mais?

  • Zermatt tem neve o ano todo! Não na vila, claro, pq o verão em Zermatt é até beeeem quente e delicioso; mas nas montanhas você sempre vê neve e pode esquiar o ano todo (numa parte reduzida do resort, ok?)
  • Zermatt é uma vila sem carros!! Você vê alguns pequenos veículos elétricos circulando pela cidade (de hotéis, que fazem o deslocamento dos hóspedes e ônibus e táxis)
  • Zermatt tem a pista e ski mais longa da Europa (25km)! Então se você curte esquiar e sabe a delícia que é descer uma pista que parece ser sem fim, Zermatt é o seu lugar.

 

Mas então, o que fazer em Zermatt no inverno?

Os principais atrativos de Zermatt no inverno, além do ski, são aqueles que te levam pra ver mais de perto do Matterhorn e pra curtir a beleza da cadeia de montanhas da região. Mas se você topa uma aventura, também recomendo muito uma descida trenó! Deixo aqui minhas sugestões:

01. Gornergrat – um super “tem que fazer”, sabe? Você pega o trem na vila de Zermatt e em 33 minutinhos chega no topo da montanha Gornergrat. Foi lá que tirei a foto capa desse post. A vista é muito impressionante. A gente vê uma cadeia de montanhas de um ponto tão alto, que faz parecer que estamos no céu, sabe? Muito lindo!

 

  • Estações intermediárias da subida Gornergrat: O trem que te leva ao topo e Gornergrat faz varias paradas ao longo do caminho. Vale a pena parar em algumas, escolher um restaurante (desses que tem todo aquele clima de ski – que são demais demais!) e beber alguma coisa, fazer um lanche e curtir a vista e os esquiadores passando por ali. Eu parei em Riffelberg pra almoçar um Flammkuchen no Hotel Riffelhaus 1853 – que inclusive e uma ótima dica de hospedagem. Ele tem uma jacuzzi externa com vista pro Matterhorn ;)

 

gornergrat

  • Caminhadas pela neve: Uma rota fácil que você pode fazer no inverno, em um dia ensolarado, é a Rotenboden-Riffelberg. A parada Rotenboden também é uma daquelas entre Zermatt e Gornergrat, então você pega o mesmo trem dos passeios que mencionei acima. A caminhada é praticamente toda uma descida, não muito inclinada. Dá pra fazer com crianças tranquilamente. O trajeto tem 2,3km. No caminho você passa por Riffelsee (no verão, você passaria por alguns lagos bem bonitos, mas no inverno eles já estão cobertos de neve). As trilhas em Zermatt são identificadas por números. A Rotenboden-Riffelberg é número 113. 

 

  • Snowshoeing: Duas rotas super interessantes para snowshoeing são as de número 141 (Challenge Trail) e 142 (Panorama Trail). A rota 141, apesar do nome, é bem fácil e dura apenas uma hora. Ela te leva de Gornergrat até Rotenboden.  A 142 é como uma continuação. Ela te leva de Rotenboden a Riffelberg. A duração é 1h30m e a dificuldade é média.

 

  • Descida de Trenó: Você também pode descer de trenó de Rotenboden até Riffelberg (muitas opções nesses lugares né?). Disponível de meados de dezembro a meados de abril.

 

Mapa de Gornergrat em Zermatt

 

02. Matterhorn Glacier Paradise e Schwarzsee – Esse passeio te leva até o topo da estação de bondinho mais alta da Europa. Tem até um palácio de gelo lá no topo. No Schwarzsee você também pode fazer a WHITE MAGIC TRAIL, que dura 1h45m.

 

E onde dormir em Zermatt no inverno?

Você pode ver todas as nossas sugestões de hospedagem nesse post mais específico: onde dormir em Zermatt. Mas aproveito pra deixar aqui a dica do hotel em que ficamos, o La Ginabelle Resort. Ele é um resort de 4 estrelas com uma piscina aquecida externa maravilhosa!!! O café da manhã também merece destaque, assim como a beleza da propriedade, o conforto do quarto e o serviço. Ele teve uma parte recentemente renovada, então tem quartos novinhos!! Recomendo!

Hotel La Ginabelle Zermatt

Deixe o seu comentário

Post Anterior
Yoga By Quel
Próximo Post
Zurich: Um Guia Completo