185
roteiros
124
cidades

Meus 7 dias em Tromso + Aurora Boreal!

Nem acredito que realizei esse sonho: ver a Aurora Boreal <3! Foi tudo ainda mais mágico do que eu esperava. Quem acompanhou os posts e os stories no nosso Instagram durante essa minha viagem para Tromso em janeiro/2018...

Como chegar à Machu Picchu

Machu Picchu é um destino maravilhoso! Recomendamos muito que você reserve um espacinho na sua agenda para conhecer esse lugar especial. Machu Picchu representa...

Fíji para mochileiros ou viajantes econômicos

É até difícil imaginar, mas Fíji é um país que recebe MUITOS mochileiros e viajantes mais econômicos! Acho que o marketing dos grandes e...

Estados Unidos muito além da Flórida e NY: Explorando o Oeste

Se você nos acompanha pelo Instagram, já deve saber que estamos passando 38 dias no oeste dos Estados Unidos, explorando Parques Nacionais e outros cantinhos naturais muito bem preservados pelos americanos. Estamos agora no Arizona!

Polinésia Francesa (Tahiti, Bora Bora e muito mais)

Taí um destino que faz parte da listinha de desejos de grande maioria dos viajantes. Muitos, ainda, sonham com Bora Bora ou alguma outra...

Precisamos falar sobre milhas

11 de Janeiro de 2018
1 comentários 6025 visualizações
escrito por Raquel Furtado

Quem me acompanha por aqui ou pelas redes sociais sabe que eu defendo a frase “pontos são meus amigos e viagem nenhuma me faltará”! E é verdade. Basta um pouquinho de disciplina ou atenção pra gente acumular pontos (também chamados de milhas) nas tarefas mais rotineiras da nossa vida e do nosso dia-a-dia. Sem esforço, no fim de alguns meses – ou quando chega as férias – a gente tem por exemplo, na Multiplus, uma série de acúmulos que viram passagens (podem virar uma série de coisas, na verdade – muitas delas até no contexto de viagens – mas vou focar em passagens pra facilitar o entendimento).

Eu, por exemplo, conheci Los Roques, na Venezuela, graças a esses acúmulos, assim como fui aos EUA de executiva (pq a oferta era tão boa de business que não dava pra recusar), visitei o Peru e por ai vai… Já até fiz um post com um infográfico sobre acúmulo de milhas. Mas acho que chegou a hora de falar sobre isso de novo! Por isso, escrevi esse post e fiz uma série de stories lá no Instagram do @vamospraonde.

Então prestem atenção e façam suas anotações porque esse post é pra você que quer aprender mais sobre esses acúmulos, sobre a forma certa de ter um saldo cheio de milhas e ainda conhecer as melhores estratégias pra aproveitá-las.

1. ELEJA SEU PROGRAMA PRINCIPAL

(para concentrar o acúmulo de pontos/milhas)

Antes de tudo, escolha um programa de pontos para ser o seu principal. Aquele onde você concentrará a maioria dos seus acúmulos. Minha dica é escolher o programa que tenha a maior malha de parceiros e de benefícios. Na minha opinião, esse é o caso da Multiplus. São mais de 300 parceiros e uma malha aérea super extensa (a oneworld).

Ah “O que é um programa de pontos / programa de fidelidade? Precisamos de cartão e crédito? Tem que pagar?NÃO! É grátis, é pessoal, por CPF, mas não precisa de cartão de crédito. É uma “plataforma”, digamos assim, que te dá pontos quando vc realiza certas compras ou ações (ex: reserva de hotel/ abastecer carro).

Eu sempre bato nessa tecla de que temos que eleger UM programa de fidelidade favorito e focar em fazer acúmulos nele pra gente não acabar se perdendo e ficando com quase muitas milhas em todos, mas ainda não milhas o suficiente, sabe!?

por que escolher a multiplus como principal para acumulo de milhas

Na imagem acima você vê o porquê da minha escolha. É raro que todos os assentos de um vôo possam ser adquiridos com milhas/pontos, por exemplo. Na Multiplus, entretanto, se tem vaga no vôo, eles permitem a emissão. Além disso, a Oneworld tem realmente muitas cias parceiras – o que te permite viajar pra muitos destinos e lugares do mundo te dando mais chance de realmente usar as milhas que você acumulou.

As emissões para passagens nacionais são à partir de 3.500 pontos.

Nota: hoje, a Multiplus é não apenas o programa que tenho como favorito mas é também parceira do blog. Eu corri atrás disso pq eu escolhi essa empresa. Independente de qualquer incentivo, sempre falei deles aqui. Seguimos transparentes, então bora!

É importante pensar nisso para eleger seu programa preferido: muitas oportunidades pra acumular e muitas (e boas) oportunidades pra usar os pontos acumulados.

2. ESTUDE O PROGRAMA

(parceiros, benefícios, clube de vantagens, promoções)

Muitos leitores me dizem que já se cadastraram no programa mas ainda não têm milhas suficientes pra viajar. A pergunta é: será que eles procuraram acumular esses pontos?

A verdade é que, enquanto você não se associa a um clube de vantagens (a Multiplus tem um super repaginado que tá incrível e eu logo falo sobre ele), os pontos não “cairão do céu”. Cabe a você se atentar aos parceiros do programa e usá-los!

Gente, não acumulamos pontos apenas quando voamos! Isso é um mito! Você pode nunca ter voado e ter um saldo bem generoso na sua conta do programa de fidelidade.

Quer um exemplo?

como acumular milhas na multiplus Abasteça seu carro no posto parceiro, reserve hotéis pela plataforma parceira, faça compras online através das empresas parceiras, chame seu transporte através do aplicativo parceiro e por aí vai. Além disso, o próprio uso do cartão de crédito já te dá pontos, então você ganha duas vezes – uma, pq cada real gasto no parceiro te dá pontos e outra pq cada real gasto no cartão de crédito também te dá pontos.

Atente-se ainda às promoções de transferência desses pontos para seu programa preferido e acumule ainda mais (muitas vezes, vc transfere e ganha mais 50% de pontos). Uma vez que isso faça parte da sua rotina e vire hábito, os pontos vão aparecendo sem esforço.

Resumo da ópera? Saiba quem são os parceiros, utilize-os e acumule! Se ligue nas promoções para acumular ainda mais. Confira esses acúmulos, e acompanhe seu saldo no site da Multiplus!

Acesse o site do seu programa de afiliados e veja todas as empresas que te garantem pontos. Veja em que situações da sua vida você poderia utilizá-las. Às vezes até vale abrir mão daquela que você já estava acostumado a usar e ir pro concorrente se a qualidade do serviço for a mesma, o preço também e você usar essa empresa X só por costume. Mude seus hábitos para acumular mais – sempre, CLARO, de olho na vantagem dessa troca né? Tem que ter vantagem. Mas 99% dos casos tem. Pq os pontos acumulados no fundo, valem como dinheiro, pq “pagam” sua próxima passagem/hospedagem/etc.

3. ASSOCIE-SE AO CLUBE DE VANTAGENS

Entendam: clube de vantagens. Se não tiver vantagem, não se associe. Pra mim, vale a pena se associar ao Clube de Vantagens da Multiplus, por exemplo.

Acho que isso vale um post à parte – e simmm!! Vou fazerFiz! – mas por enquanto quero já dizer o seguinte:
Clubes de vantagem funcionam da seguinte forma, você paga uma mensalidade (que pode ser em torno de R$40 mensais, por exemplo) e ganha pontos e outros benefícios. É importante conferir se o clube nos dá aquilo que mais queremos, a vantagem que mais queremos: exatamente mais acúmulo e benefícios que fazem sentido. No final das contas, queremos nos sentir especiais. Parte de algo exclusivo e vantajoso.

Fiz uma imagem pra ilustrar a vantagem do clube da Multiplus. Então, por A + B, pode se associar que vale a pena. Você vai me agradecer depois!

Usei como exemplo a adesão intermediária, de R$179 reais mensais. Existem 3 opções disponíveis.

infográfico sobre clube multiplus e milhas

 

Saiba mais aqui.

4. FIDELIZE

Esse é o último item mas é o mais importante, talvez, e um reforço do item 2. Gente, não tem mistério. É através do uso constante dos parceiros que os acúmulos vão aumentar. Analise sempre o custo x benefício, claro, mas fique atento aos parceiros e às promoções!
Isso vale pros vôos que realizamos também. Se a diferença de preço entre um vôo parceiro do seu programa de afiliados favorito e um outro que é parceiro do concorrente for de R$5, R$10, R$20 reais, muitas vezes vale a pena a troca. Isso te faz subir na categoria daquela companhia (ex: gold, silver, black, platinum…) e te permute acumular ainda mais pontos. E o melhor, naquele programa em que você já acumula muitos pontos.

No ano passado dividi com vocês várias promoções de empresas como a Netshoes que deu 10 pontos por cada real em compras (ex: a compra de um tênis de R$350 reais te dava pontos suficientes pra uma passagem nacional). A própria Paula, da nossa equipe, comprou um Iphone no Ponto Frio e ganhou 10 pontos por real gasto – foi tipo compre um iPhone e leve uma viagem internacional :)! E isso aconteceu diversas vezes com várias empresas.

Então fique ligado, se cadastre para receber emails com notificação de promoções e sempre, sempre, consulte os parceiros. Tenha eles sempre em mente e utilize- os!!

É importante acessar os parceiros pelo site da Multiplus, tá – para que os pontos sejam contabilizados. O link tem que vir do site do programa de fidelidade!

No fim do mês, quando você ver seu saldo aumentando, você vai me agradecer. Ainda mais quando emitir aquela passagem sem tirar dinheiro do bolso (bom, vai ter ainda que pagar as taxas de embarque, mas disso não tem como escapar!)

E é isso. 4 passos. Mais simples impossível.

Qualquer dúvida, é só usar a caixa de comentários!

Já corre em pontosmultiplus.com.br e se cadastre. Os parceiros, você encontra aqui: pontosmultiplus.com.br/junte e você se associa ao clube, facilmente, aqui: pontosmultiplus.com.br/clubemultiplus.

linha para dividir posts

Gostou desse post? Compartilhe com os amigos!

  1. Rosemarie 11/01/2018

    Esse foi o “empurrãozinho” que me faltava para aderir ao Clube. Pronto. Feito.