Vamos Pra Onde?

/

Um paraíso chamado Jericoacoara

Jericoacoara é daquelas cidadezinhas pé na areia, tranquilas e cheias de charme. Localizada a cerca de 300km de Fortaleza/CE, a antiga vila de pescadores é atualmente conhecida por ser uma das praias mais bonitas e longas do mundo, cercada por dunas e lagoas de água doce. Um verdadeiro paraíso! Hoje, nossa leitora Gisela Carvalho conta tudo pra gente através desse relato delicioso e repleto de fotos incríveis.

Praia de Jeri 2

Jericoacoara (ou Jeri) em nosso relato completo!

Por Gisela Carvalho

A chegada até Jericoacoara não é das mais fáceis e, por isto também, é um local ainda não tão explorado, se comparado a outras cidades do Nordeste. Por conta das dunas, só é possível chegar até lá de 4×4 ou jardineira (espécie de caminhão aberto que comporta cerca de 25 pessoas).

Como Chegar

Chegando em Fortaleza você deve pegar um ônibus até Jijoca (6 horas de duração) e depois pegar uma Jardineira até Jeri (mais 1 hora de viagem). Outra opção é contratar um transporte particular. Eu optei por contratar uma Hilux 4×4 com motorista, que nos pegou no aeroporto de Fortaleza e nos deixou direto no hotel em Jeri. Levamos 4 horas e custou 400 reais o trecho para 2 pessoas (fizemos o mesmo na volta), não é a opção mais barata mas, sem dúvida, é a mais rápida e menos cansativa.

Mapa Fortaleza a Jericoacoara

Onde Ficar

Começando pela hospedagem, Jericoacoara possui uma lista extensa de charmosas pousadas, para todos os gostos e bolsos, a grande maioria à beira mar.

A minha escolha foi o Chili Beach Boutique Hotel, um hotel boutique delicioso de apenas 8 quartos e recheado de mimos para os hóspedes (veja sua avaliação no booking). Com certeza não é o hotel mais barato, mas vale cada centavo pago. A piscina com borda infinita de frente para o mar, a atenção e presteza dos funcionários e donos do hotel, e o restaurante de gastronomia mediterrânea com comidas impecáveis, nos fizeram ter vontade de ficar ali para sempre.

A procura por este hotel é grande, principalmente pelos estrangeiros, portanto é necessário fazer reserva com bastante antecedência. Se não for possível se hospedar, não deixe de ir jantar uma noite (ou duas, três… rs.) por lá. Algumas mesas são colocadas na areia, na borda da piscina e de frente para o mar, e o prato pode ser escolhido de olho fechado, tudo uma delícia!

Passeios em Jericoacoara

Começamos pela Pedra Furada, cartão postal de Jericoacoara.

Pedra Furada

Existem 2 maneiras de chegar até lá:

A primeira é ir caminhando a partir da praia de Jericoacoara até a Pedra, leva cerca de 1 hora, subindo falésias e andando na areia. Dizem ser bem cansativo, mas as paisagens ao longo do caminho fazem valer a pena o esforço. Nós escolhemos ir de 4×4 até o ponto máximo onde é permitida a chegada de veículos e de lá fomos andando. Foram 25 minutos de caminhada na areia, passando entre as pedras, sob um sol bastante forte, deu pra cansar! rs.

A Pedra é realmente linda – e demos a sorte de não ter absolutamente ninguém por lá, só eu e o meu namorado, foi incrível! Essa é uma das grandes vantagens de viajar na baixa temporada (fomos no final de março).

Depois de muitas fotos, voltamos e pegamos a Hilux que nos esperava e seguimos para a famosa Árvore da Preguiça.

Árvore da Preguiça

Novamente, não havia ninguém, pudemos admirar e registrar à vontade.

De lá seguimos para a Praia do Preá, no município de Cruz, onde fica o famoso hotel/pousada Rancho do Peixe. O local é bonito, e está sempre mais vazio que Jeri, mas a praia não estava boa na época que fomos, o mar estava cheio de algas. Pelo passeio todo pagamos 80 reais para nós 2. Praia do Preá - Cruz

Voltando para a praia de Jericoacoara, é imperdível subir a Duna do Por-do-Sol para apreciar, lá de cima, a despedida do astro-rei. É maravilhoso! É interessante subir cerca de meia hora antes, para garantir um bom lugar na duna, que está sempre cheia.

Duna do Por do Sol

Jericoacoara é um dos poucos lugares do Brasil onde é possível ver o nascer e o por-do-sol no mar. Depois do espetáculo, vale descer e comer na creperia Naturalmente, que fica na praia, de frente pro mar. Os crepes são feitos com massa fininha e crocante e depois que escurece, a iluminação fica por conta de velas, um charme!

Outro passeio imperdível é a Lagoa do Paraíso, em Jijoca. O próprio nome já diz tudo.

Lagoa do Paraíso 9

Graças a uma amiga que nos deu essa preciosa dica, nós resolvemos não só ir passar o dia na Lagoa (como a maioria dos visitantes faz) mas ficar por lá durante 2 dias. Fomos de buggy, com mala e tudo, e aproveitamos para fazer um passeio com emoção pelas dunas do caminho. Nos divertimos!

Na Lagoa nos hospedamos na Pousada do Paulo, uma pousadinha simples (e preço camarada) mas com o necessário para o mínimo de conforto (ar condicionado, TV e água quente). Veja sua avaliação no TripAdvisor.

A pousada tem uma ótima localização na Lagoa e conta ainda com um restaurante delicioso. O Paulo, dono da pousada, é um italiano casado com uma brasileira, super atencioso e hospitaleiro. Na nossa primeira noite tivemos o prazer de comer uma massa feita por ele, que sentou à nossa mesa e nos acompanhou no jantar. Lagoa do Paraíso 6

A Lagoa de água doce é morna e cristalina, e você pode passar horas ali aproveitando aquela maravilha dentro de uma das redes que são colocadas dentro d’água. Ao lado da pousada existe uma escola de wind surf, que também aluga SUP, caiaque e kite. Aproveitamos muito! Para melhorar, nós éramos os únicos hóspedes da pousada naqueles 2 dias, então fomos muito paparicados… Os drinks eram levados pra gente dentro d’água, e o almoço era colocado à mesa e só então vinham nos chamar. A vontade era de não sair mais lá de dentro! Realmente o passeio de 1 só dia seria muito pouco pra curtir aquele paraíso!

Existem outras lagoas por ali, mas nenhuma se compara à Lagoa do Paraíso. Portanto, se tiver que escolher, não tenha dúvida, vá direto para lá.

Depois desses 2 dias de muita tranquilidade, fechamos Jericoacoara com chave de ouro. Fomos embora muito felizes e já com saudade! Tenho certeza de que em breve voltaremos!

Para entender a organização de Jericoacoara, veja abaixo um mapa ilustrado da cidade.

Mapa ilustrado Jeri

Dicas úteis

  • A cidade é totalmente pé na areia, portanto o salto alto pode e deve ficar em casa.
  • Não existem caixas eletrônicos em Jericoacoara, por isto é bom sacar dinheiro antes de ir.
  • A maioria dos lugares aceita cartão, mas você consegue um bom desconto nos passeios se pagar em dinheiro.
  • As médias anuais variam entre 35°C no verão e 22°C no inverno.
  • A época de chuvas vai de janeiro a junho – mas isso não significa dias inteiros chovendo. São apenas chuvas passageiras.
  • Agosto é o mês historicamente com mais ventos, o que o faz perfeito para os amantes de kite e windsurf.

Para mais informações sobre Jericoacoara, acesse o Portal de Jericoacoara.

Praia de Jeri 1

Tenham todos uma ótima viagem!

Gisela CarvalhoGisela Carvalho é a responsável pelas fotos maravilhosas que vemos em seu perfil no instagram (@giselacarvalho). Dentre os muitos lugares que conhece no mundo, Jericoacoara despertou um carinho especial, e ela resolveu carinhosamente dividir esse delicioso relato com a gente!

Aproveitem o texto e as lindas fotos que nos fazem querer comprar a passagem agora e voar correndo pra lá!

* O texto e todas as fotos desse post são dela ;)

  • Viviane
    28 de abril de 2016

    Adorei as dicas!!! Estou indo para Jeri em junho e esse post vai me ajudar muito. Brevemente também terei dicas sobre esse destino no meu blog https://vivinaviagem.com/

  • Guttemberg Almeida
    20 de julho de 2015

    Parabéns pelas publicações e pelas fotos… Vejo bastante compromissados com o trabalho de vocês, diferente de outros sites que as pessoas se acham mais importantes do que o lugar. Imagino tudo que já passaram… mas garanto que tudo valeu a pena. Um abraço!

  • Ana Ketyla
    9 de julho de 2015

    Genteeeee, tô apenas apaixonada. E essas fotos?! Liiindaaaaas. Foi com um tripé mesmo?
    Moro aqui em Fortaleza, e estou querendo ir em Setembro pra lá.
    A postagem irá ajudar bastante.

    Abraços.

  • Ingrid
    25 de março de 2015

    Olá…. Adorei a dica!!! Eu e meu namorado iremos em maio para Jeri não vejo a hora de chegar maio… Sobre a Pousada do Paulo tentei contato sem sucesso até o momento não obtive retorno no e mail. Gostaria de saber referente aos valores da diária na sua estádia. Aguardo ansiosamente pela sua resposta. BJ Gisela!

  • Ane
    9 de janeiro de 2015

    Oiii, tudo bem?
    Como vocês fazem as fotos sozinhos? Com tripé? :)

  • Cristiano
    23 de junho de 2014

    Muito legal seu Post!!!
    Eu e minha esposa estaremos indo para Jeri em 26 de julho de 2014, vamos tirar bastante fotos para postar em nosso blog: http://www.litoralcearense.blogspot.com.br
    Sucesso e tudo de bom a vocês!!!!

  • Calebe Sangi
    9 de junho de 2014

    Sensacional. Está na lista dos próximos lugares para visitar! Obrigado, Gisela!

  • thaisbreuil
    27 de maio de 2014

    Olá..amei o post sobre Jeri.
    Estou querendo ir em setembro, Gisela teria alguma agência para me indicar para eu fechar os passeios quando eu chegar em Jeri? Esse passeio que vocês fizeram até a pedra furada por 4×4, foi por qual agência?
    Suas fotos são liindas, fiquei encantada!! Você utilizou algum aplicativo nas fotos?

    Parabéns meninas, um arraso! =D

    • Gisela
      thaisbreuil
      2 de junho de 2014

      Oi, Thais!
      Obrigada! Usei alguns aplicativos do próprio Iphone.
      Eu fiz tudo com a empresa By Boogie e recomendo.
      Seguem os contatos: Francisca – (88) 9722-9559 ou Andrew – (88) 9722-9594.
      byboogie@yahoo.com.br

      Beijos!

      • thaisbreuil
        Gisela
        3 de junho de 2014

        Obrigada Gisela pelas dicas, irei entrar em contato com eles!
        Eu tenho iphone também, e gosto muito de usar o camera +, além dele você teria outro aplicativo para me indicar?

        Obrigada e mais uma vez parabéns por fotos lindas! =D
        Beijos

  • Dani - Danimfs
    16 de maio de 2014

    Ameiii Gi! Fotos e relato perfeitos!!!!! Sempre quis ir pra JERI, e depois de ler seu texto, já sei ate onde me hospedar!!! Amei esse hotel, que vista maravilhosa! Tudo perfeito! Acho que vou mudar pra lá!!! ahahah! Quel, adorei q vc ainda não foi!!! VamospraondepraJeri juntas então!!! rs! Bjs!!!

    • quelfurtado
      Dani – Danimfs
      16 de maio de 2014

      Hahaha fechado Dani!! Já topei! ;)

    • Gisela
      Dani – Danimfs
      19 de maio de 2014

      Obrigada, Dani!!
      Eu tb quis me mudar pra lá! Haha! O Chili Beach ficou entre os 15 melhores hotéis do Brasil pelo Trip Advisor na semana passada.
      Se vcs forem, eu vou junto! Hehe!
      Beijão

  • Maria Helena
    16 de maio de 2014

    Adorei as dicas! Lugar maravilhoso e casal animadíssimo! Parabéns pela riqueza de detalhes! Bj.

    • quelfurtado
      Maria Helena
      16 de maio de 2014

      :)

      Obrigada Maria Helena!

  • Luisa faria
    14 de maio de 2014

    Fotos maravilhosas! Que vontade tenho de conhecer Jeri.
    Parabéns pelo blog e pelo insta, adoro as postagens de vocês!

  • loucosporviagembyfabi
    13 de maio de 2014

    Gi, amei!! Lindissimo o texto e as fotos!!! Adoro Jeri, ja estive la 2x. Beijos Fabi

    • Gisela
      loucosporviagembyfabi
      14 de maio de 2014

      Obrigada, Fabi!!
      Estou doida pra voltar! Escrever esta matéria me fez ficar com muita saudade! Hehe!
      Beijos!

  • Valdery Franco de Moura
    12 de maio de 2014

    Fantástico. Um verdadeiro Paraíso.

  • Gisela Carvalho
    12 de maio de 2014

    Queridos,
    Escrever esta matéria e relembrar essa viagem foi uma delícia!
    Obrigada pelo convite! Fiquei muito feliz e honrada!
    Espero ajudar seus leitores com as dicas!
    Beijos com carinho!

    • quelfurtado
      Gisela Carvalho
      14 de maio de 2014

      A gente amou Gi! Todo mundo está elogiando muito!! :)

  • Benjamin
    12 de maio de 2014

    Oi Raquel,
    que legal !
    Fomos em Janeiro e posso adicionar algumas dicas :)
    – se você é banco do brasil ou bradesco, tem 2 lugares no jeri onde tirar dinheiro, na caixa (nao electronico claro), mas nao durante o fim de semana. deve ter dinheiro do mesmo jeito.
    – nao acha que os buggeiros sao aqui para ajudar, so pegar dinheiro, entao nao confia dicas deles
    – os passeios de buggys vao colocar muitas pessoas nas lagoas, mas para a lagoa paraiso : é melhor pegar a jardineira (10r$) e passar o dia inteiro la, sera so 1h30 com pessoas, o restante vocês serão quase sonzinhos !
    – nao da depois para subir em direcao de sao luis sem usar o 4×4 (nao é barato), é complicado, so para pessoas que gostam de adentura :) no final é melhor fazer Sao luis->jeri->fortaleza que o contrario.
    – para mochileiros : há um Hosteling International Hostel lá :)
    – melhores temporadas : para fazer kitesurf : outubro a Fevereiro , para fazer festas : dezembro e janeiro (mas os preços sao mais caros), para namorar : o ano inteiro ;)

    • quelfurtado
      Benjamin
      12 de maio de 2014

      Benjamin!

      Muito obrigada por dividir suas dicas aqui!!
      Adorei o “para namorar”! eheheh :)

      Wueremos muito ir a Jeri também – ainda não fomos! Quem sabe esse ano não conseguimos.

      Valeu!!
      bjo!!

      Quel

  • Monica
    12 de maio de 2014

    Sensacional!!!!!!!!!!!!! Realmente as fotos fazem a gente babar e sonhar!! Vcs deram muita sorte de não pegar ninguém na Pedra Furada, qdo. fui em 2012 táva bem cheio. Jeri é lindo!
    Parabéns pelo post!! Bjoss!!

    • Gisela
      Monica
      12 de maio de 2014

      Obrigada, querida Monica!
      Demos muita sorte mesmo, a cidade estava vazia. Uma maravilha!
      Beijão!

    • Gisela
      Monica
      13 de maio de 2014

      Obrigada, querida Monica!
      Realmente demos muita sorte, a cidade estava vazia! Uma maravilha!
      Beijos!

Deixe o seu comentário

Post Anterior
Tudo sobre Paris: o caracol, os bairros, roteiros e hotéis
Próximo Post
Um mochilão em San Andres